Política

Tabanez defende solução pacifica para conflito entre moradores e governo na 26 de setembro

Na ultima quarta-feira, 19, uma Ação do DF Legal derrubou seis casas no Assentamento 26 de setembro. Moradores do local resistiram à atuação do órgão e tropa de choque da PM agiu no local




Foto: Renato Alves.
Outras construções na área estão na mira do órgão que garantiu que “as ações não atingirão casas habitadas. Mas, segundo moradores e populares não foi o que aconteceu.

A ação ocorreu com ajuda das forças de segurança, Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) e a Polícia Militar (PMDF), para a retirada de obras em fase inicial, Houve confusão quando os moradores tentaram argumentar que não houve notificação prévia.

Nessa quinta-feira, 20/08, não houve derrubadas.

Na tentativa de mediar o conflito, Tabanez esteve presente no local e participou de uma reunião entre moradores e líderes comunitários: Jearle, Neto e Miguel que é o presidente da Associação Geral da 26 de setembro.

Na ocasião foram debatidos assuntos de interesse da comunidade tendo como pauta principal as derrubadas que ocorrem nesse período de pandemia, momento em que a população mais precisa de apoio das instituições.

Tabanez se propôs ajudar na mediação do conflito na 26 de setembro e defende uma solução pacifica para os conflito entre o governo e os moradores.

Fonte: Informa Tudo DF.

Postar um comentário

0 Comentários