Política

Opinião - Inovação: não deixe para mudar amanhã o que você pode transformar hoje

 Adriana Saluceste*



Crises sempre geram perdas, prejuízos e instabilidade, mas também trazem consigo muita reflexão e lições que acabam promovendo avanços e inovações. Principalmente em situações nas quais a ruptura é tão intensa que não resta outra alternativa a não ser se transformar para continuar existindo. E é exatamente isso que estamos vendo acontecer nos últimos meses, em virtude da pandemia de Covid-19. O isolamento social e a paralisação de atividades econômicas contribuíram para acelerar um movimento que já estava em curso, mas que ainda era ignorado por uma grande parcela de negócios e empresas: a transformação digital. 

Com o avanço da tecnologia, a ampliação do acesso a recursos digitais e a mudança de comportamento da nova geração de consumidores, muitas empresas já estavam inseridas em uma cultura digital. Para essas organizações, ficou mais fácil reagir e promover uma retomada rápida nos negócios. Mas, para aqueles que estão fazendo agora o que já deveriam ter feito ontem, essa reação está sendo mais lenta. 

Algumas tendências tecnológicas que já vinham se desenhando ganharam mais força e adesão. Assinaturas digitais, reconhecimento facial, verificação por geolocalização e soluções baseadas em cloud são alguns exemplos de como as empresas e pessoas estão conseguindo trabalhar e realizar negócios, ainda que a distância. O home office chegou de vez e veio para ficar. O e-commerce ganhou nova dimensão. São mudanças que foram aceleradas durante a pandemia e que continuarão em evolução, contribuindo para produzir efeitos significativos sobre a forma como se trabalha, produz, aprende, cuida da saúde e até se diverte.

E toda essa transformação não é temporária, com prazo para acabar junto com a pandemia. O mundo já se tornou digital e não faz sentido, daqui a pouco, darmos um passo atrás e voltarmos a fazer tudo como fazíamos antes da Covid-19. Vamos voltar para o convívio social, retomar nossas relações, mas com a tecnologia e as ferramentas certas facilitando muito mais a nossa vida. E a facilidade é só uma parte desse ganho. Para alguns, a transformação digital vai trazer escalabilidade, para outros, mais segurança em seus negócios, ou ganho de tempo e aumento de produtividade; e alguns setores vão conseguir vislumbrar oportunidades antes ignoradas ou até inexistentes. 

O mercado pós-pandemia vai exigir ainda mais eficiência e inovação. Depois de avançar tanto, não é possível - e nem desejado - recuar. A oportunidade está dada para aqueles que captarem mais rapidamente todas as tendências de transformação que estão em curso. E quando se trata de inovação, é bom que todos tenham aprendido uma das lições dessa pandemia: não deixe para mudar amanhã o que você pode transformar hoje. 

 

*Adriana Saluceste é diretora de Tecnologia e Operações da Tecnobank.

Postar um comentário

0 Comentários