Política

8 Dicas de como manter um bom hálito

 Fique atento ao seu hálito para que não haja constrangimentos

O mau hálito é uma condição a que todos podemos ser expostos. Na correria do dia a dia, é comum, mas errôneo, priorizar outras coisas que não a nossa saúde. Nesses casos, o mau hálito surge indesejável, constrangendo não só a quem alerta, mas com certeza também a quem porta esse mau cheiro.

Para poder aproveitar com segurança todas as delícias que a nossa gastronomica oferece, a Dra. Cláudia Gobor, cirurgiã dentista especializada em halitose, separou algumas dicas, baseadas em dúvidas comuns de pacientes, que te ajudam a manter um hálito saudável.

Que alimentos e bebidas podem piorar o mau hálito?
“Alimentos ricos em proteínas podem prejudicar o hálito. Não permaneça somente em um nutriente. Diversifique e tenha uma alimentação balanceada com direito a vitaminas e frutas.”, explica a Dra. Cláudia

Devo investir em que tipo de alimento para ter um hálito refrescante?
Para mesmo entre as refeições não ter um mau hálito, a Dra Cláudia recomenda: “é importante comer também frutas cítricas, que estimulam a salivação.”

A água pode combater o mau hálito?
Beber água não é somente para quando se está com sede. “99% da nossa saliva é composta por água, e ela ajuda na limpeza da boca. Desse modo, é importante estar sempre com uma garrafinha às mãos”, afirma a Dra.

Como posso saber que estou com mau hálito?
Devido a uma característica do nosso olfato, não conseguimos sentir por muito tempo o mesmo cheiro, por isso não conseguimos saber se estamos com mau hálito ou não. Assim, é importante se atentar ao nosso hálito de outras formas que não seja sentindo o cheiro. Para isso, “é importante se atentar a pequenas bolinhas nas amígdalas que causam mau cheiro, como também perceber se há saburra lingual, que são aquelas placas esbranquiçadas da língua. É claro que existem maneiras mais fáceis, como simplesmente perguntar a um amigo, mas caso tenha vergonha, essas dicas podem ajudar”, explica Cláudia Gobor.

Em viagem, descobri que tenho mau hálito. O que posso fazer?
“Como está de férias, presumo que não conseguirá ter uma consulta com um dentista. Por isso, foque nos hábitos saudáveis de limpeza. Escove sempre os dentes após as refeições e não esqueça do fio dental”, responde a especialista em halitose.

Chiclete pode resolver de certa maneira o mau hálito?
“Sim, de certo modo. Sempre prefira chicletes sem açúcar para isso, mas lembre-se que o aroma dele não será o mesmo do seu hálito”, alerta a Dra. é importante lembrar também que mesmo servindo como escape, o chiclete não anula a escovação.

A queimação estomacal tem relação direta com o mau hálito?
Segundo Cláudia, “Não. Estar com azia não indica que necessariamente se está com mau hálito, mas fique atento aos sinais para averiguar se realmente está”.

Como posso fazer para alertar algum amigo que está com mau hálito?
Para não perder amizades e não sair como mal-educado, a Dra. Cláudia relembra que “Existe um serviço pelo portal da ABHA, que se chama SOS mau hálito. Quando acionado, ele envia um email à pessoa desejada para alertá-la sobre o mau hálito, sempre sem revelar o nome da pessoa que solicitou o alerta”.

No fim de ano, fique atento aos sinais e se previna. Um bom hálito é indispensável em qualquer situação.

Claúdia Christianne Gobor

Dentista especializada em halitose

Presidente da Associação Brasileira de Halitose

https://www.bomhalitocuritiba.com.br/

Rua da Paz, n° 195, Sala 102,   Mab Centro Médico, Centro/ Alto da XV, Curitiba- PR

(41) 3022-3131

Whatsapp: (41) 99977-7087

Instagram: @Claudiacgobor

Facebook: @ClaudiaC.Gobor

Youtube: Claudia Gobor


Postar um comentário

0 Comentários