Política

Caiado lança o maior programa de recuperação das principais avenidas e ruas de 100 cidades goianas



Por meio do programa Goiás em Movimento nas cidades, o Governo de Goiás vai investir R$ 200 milhões no recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização vertical e horizontal de malha viária urbana em 100 municípios goianos para melhorias de ruas e avenidas


Fotos: Wesley Costa.

Com Goiás em Movimento - Eixo Municípios, promovido pela Seinfra, o Governo do Estado vai estabelecer parcerias com prefeituras para reformar, na primeira etapa, malha viária de 100 cidades, em todas regiões. "Vamos, juntos, reconstruir esse asfalto e dar dignidade à população", diz governador

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta segunda-feira (10/05), que fará investimento de R$ 200 milhões na reconstrução de vias urbanas, dentro do Goiás em Movimento - Eixo Municípios, programa promovido pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). "Anuncio aqui, ao lado do presidente da Goinfra, Pedro Sales, o maior programa de assistência aos municípios para a recuperação das suas principais avenidas", disse em vídeo divulgado por meio de suas redes sociais.

Na primeira etapa, serão contempladas 100 cidades, onde foram identificados os casos de maior gravidade, segundo a equipe de planejamento da agência e com base em dados do Instituto Mauro Borges (IMB). Com o convênio firmado, a Goinfra irá promover recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização vertical e horizontal de malha viária urbana em pontos definidos por cada prefeitura. "Vamos, juntos, reconstruir esse asfalto nas suas cidades e devolver Goiás aos goianos, dando dignidade à população que vive em cada um dos 246 municípios do Estado", enfatizou o governador no vídeo.

Dentre as 100 cidades da primeira etapa do programa, há representantes de todas as regiões do Estado. Elas foram divididas em lotes de 10 em 10 municípios, para atender com rapidez as demandas de cada grupo. A expectativa é que, em até 90 dias, o pacote de obras seja licitado e as máquinas comecem a chegar às cidades contempladas já no próximo semestre.

A vulnerabilidade dos municípios, sob o ponto de vista fiscal, somada aos custos elevados dos serviços rodoviários, levaram à depreciação das vias urbanas ao longo dos anos. "Diante deste cenário, as prefeituras não conseguiram investir em manutenção e recuperação de suas infraestruturas, que foram se depreciando com o tempo", pontuou o presidente Pedro Sales. A situação se agravou com a pandemia da Covid-19, quando as gestões municipais tiveram de forçar aporte na saúde.

"Chegou a hora de o Estado, por meio da Goinfra, que tem inteligência para operar o segmento rodoviário, socorrer os municípios e investir recursos para recuperar as condições de trafegabilidade na malha urbana das cidades", explicou Pedro Sales. "Esta é a etapa piloto do programa, com 100 municípios contemplados em todas as regiões do Estado. A partir daí, vamos aperfeiçoar nosso trabalho e atender a todos os 246 municípios goianos", projetou.

Sinaliza Goiás chega a 16 municípios do Entorno do DF na 1ª etapa
O Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO), chega, nesta segunda-feira (10/05), a Novo Gama, o primeiro dos 16 municípios da região do Entorno de Brasília que vão receber os benefícios do programa Sinaliza Goiás. Lançado na semana passada, o programa vai investir mais de R$ 12 milhões para levar sinalização horizontal e vertical a 127 municípios goianos, na primeira etapa.

Ao todo, o programa Sinaliza Goiás vai contemplar os municípios com 30 mil unidades de placas e mais de 300 mil metros quadrados de sinalização horizontal. No lançamento do programa, o governador Ronaldo Caiado ressaltou a importância de levar a sinalização para os municípios que mais necessitam. "Ao colocar uma faixa na porta de uma escola, hospital, em um cruzamento, cria-se uma cultura para as pessoas entenderem o quanto é importante respeitar aqueles locais. Isso salva vidas", destacou o governador. "Até o final do nosso mandato, em 2022, todos os 246 municípios estarão 100% atendidos na sinalização de trânsito", informou.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que a sinalização é uma atribuição do município. Porém, em dificuldades devido à pandemia de Covid-19, poucas cidades estão com capacidade adequada de investimento.  O presidente do Detran, Marcos Roberto Silva, explicou que o programa é uma forma de suprir as necessidades. "O Governo de Goiás mostra-se sensível às causas do trânsito e às dificuldades encontradas pelos prefeitos, sobretudo, nessa época de pandemia", afirmou.

Nos próximos dias, Luziânia, Valparaíso e Cidade Ocidental também já irão receber as equipes do Detran-GO para a realização de estudos técnicos, plano e execução de sinalização horizontal (faixas de pedestre, retenção e outras) e vertical (placas) em áreas urbanas. Todos os demais lotes, que abrangem as outras regiões do Estado, começam a executar as obras de sinalização nesta semana.

Dos 127 municípios atendidos na primeira etapa do Sinaliza Goiás, 58 serão contemplados com materiais de sinalização viária. O Detran-GO vai adquirir 14.140 placas de sinalização vertical e executar 144.390 metros de sinalização horizontal. Os outros 69 municípios serão atendidos por empresas terceirizadas. Elas devem receber 15.630 placas e 157.350 metros quadrados de sinalização horizontal.

O trabalho de sinalização implantado pelo Detran-GO tem como pilar o plano de circulação para diminuir pontos de conflitos; adequar a velocidade dos condutores à segurança da via; e aumentar a visibilidade e fluidez nos cruzamentos. Além de locais de grande fluxo e altos índices de acidentes, as equipes de engenharia de tráfego priorizam as imediações de escolas, visando oferecer melhores condições de travessias.

Postar um comentário

0 Comentários