“Desigualdade social e pobreza: impactos psicossociais da pandemia” é tema de Congresso de Assistência Social, da LBV

 

Nos próximos dias 30 e 31 de agosto, às 19h30, a Legião da Boa Vontade (LBV) promoverá a edição on-line de seu 26º Congresso Internacional de Assistência Social, sob o tema “Desigualdade social e pobreza: impactos psicossociais da pandemia”.

 

A palestra inaugural será ministrada pela dra. Katyna Argueta, representante residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil e diretora a.i. do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG), vinculado ao PNUD. Ela trará suas contribuições sobre “Recuperação inclusiva e resiliente da Covid-19: para meios de sobrevivência sustentáveis, bem-estar e dignidade para todos: erradicando a pobreza e a fome em todas as suas formas e dimensões para alcançar a Agenda 2030”, temática da 60ª Sessão da Comissão para o Desenvolvimento Social (CSocD60) do Ecosoc, que se realizará em 2022.

 

Em seguida, ocorrerá importante debate a ser mediado por Danilo Parmegiani, representante da LBV na Organização das Nações Unidas (ONU), com a participação de Ricardo Bomfim, responsável por Economia Circular da Enel, no Brasil, graduado em Ciências Sociais pela UFRJ, mestre em Engenharia Urbana e Ambiental pela PUC-RJ e especialista em Gestão de Negócios pelo IBMEC-RJ; da dra. Ionara Rabelo, psicóloga e doutora em Psicologia. Gerente de Vigilância às Violências e Acidentes na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia/GO e colaboradora CEPED/Fiocruz para Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Covid-19; e de Antonio Paulo Espeleta, superintendente social da LBV. Especialista em Gestão de Organizações sem Fins Lucrativos pela Universidade da Califórnia, que fica em Berkeley.

 

Na terça-feira (31/8), a primeira palestra será com Wilson Bigas, administrador de empresas e especialista em Gestão das Políticas Sociais e gestor do Departamento Socioassistencial da LBV, com o tema “Impactos da pandemia em indivíduos e famílias atendidos pela LBV”. Na sequência, falará Aldenora González, assistente social, presidente do Instituto EcoVida, fundadora e secretária-executiva do Fórum Nacional dos Usuários do Sistema Único de Assistência Social (FNUSUAS) e vice-presidente do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), que abordará “A atuação na proteção social básica no período pandêmico”; e a dra. Marília Berzins, doutora em Saúde Pública, especialista e mestre em Gerontologia e Presidente do OLHE, que trará sua experiência sobre “O enfrentamento da Covid-19 e a atuação humanizada em abrigos institucionais para idosos”. Haverá também um debate com mediação da dra. Karine Nogueira, doutora em Psicologia pela Universidade de Ciências Empresariais e Sociais de Buenos Aires, Argentina, especialista em Políticas Públicas de Gênero e Raça e coordenadora de Programas Sociais na LBV.

 

O congresso é gratuito e tem como público-alvo os profissionais atuantes nas áreas da Assistência Social e dos Direitos Humanos, representantes da sociedade civil e de movimentos sociais e comunidade acadêmica. Para quem desejar receber o certificado de participação, haverá apenas uma taxa simbólica. As inscrições podem ser feitas no link: https://www.lbv.org/congressosocial.

 

Serviço:

Evento: 26º Congresso Internacional de Assistência Social, da LBV — edição on-line

Tema:Desigualdade social e pobreza: impactos psicossociais da pandemia”.

Para quem: Profissionais atuantes nas áreas da Assistência Social e dos Direitos Humanos, representantes da sociedade civil e de movimentos sociais e comunidade acadêmica.

Data e horário: 30 e 31 de agosto, às 19h30.

Inscrições: https://www.lbv.org/congressosocial.


Postar um comentário

0 Comentários