Case de Brasília sobre Turismo Cívico Pedagógico chega a Recife




Recife vai enviar alunos da rede pública de ensino para aprender História do Brasil em Brasília. Esse é o fundamento do Acordo de Cooperação Técnica sobre o Turismo Cívico Pedagógico que a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, o prefeito de Recife, João Henrique Campos e a secretária de Turismo e Lazer da capital pernambucana, Cacau de Paula, assinam nesta terça-feira, dia 21, durante o Segundo Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Turismo, em Pernambuco. “Essa cooperação técnica visa introduzir o turismo cívico na educação e é fundamental para a manutenção e a garantia de um futuro público para o turismo brasileiro”, explica Vanessa Mendonça. 
O turismo pedagógico é uma experiência de aprendizagem fora do ambiente da sala de aula, com viagens programadas dentro do calendário escolar, motivadas pelo conhecimento de monumentos, fatos, observação e participação em eventos cívicos, que representem a situação presente ou a memória política e histórica dos municípios. “É case de turismo de Brasília que já exportamos para vários municípios e que vai trazer alunos de todo o Brasil para a capital de todos os brasileiros, com aula in loco sobre a nossa história”, observa Vanessa Mendonça. Esse projeto já foi concretizado por acordo técnico com São Luís (MA), Vassouras (RJ), Pirenópolis (GO), Cláudio (MG) e depois de Recife será assinado com o a prefeitura de Casemiro de Abreu (RJ).


 
MINI CURRICULO  SECRETÁRIA VANESSA MENDONÇA
Secretária de Estado de Turismo do DF, Vanessa Mendonça é economista e publicitária, com pós-graduação em Marketing e mestrado em Gestão Empresarial. Vanessa Chaves De Mendonça é natural de Goiânia (GO) e veio para Brasília em 1996.
Antes de assumir o cargo de secretária de Turismo do DF, em janeiro de 2019, foi diretora nacional de marketing e de comercialização de produtos do Ministério do Turismo. Também foi presidente da Associação dos Profissionais de Propaganda do DF. Atuou durante oito anos no Jornal Gazeta Mercantil e no Grupo de Comunicação Publicis.
Atualmente, Vanessa Mendonça é vice -presidente  do  Fórum Nacional dos Dirigentes e Secretários Estaduais do Turismo (Fornatur); diretora de Promoção da Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (ANSEDITUR); diretora da Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial Cultural (OCBPM) e presidente do Conselho de Desenvolvimento do Turismo.
Participa ativamente nas discussões com a sociedade civil e órgãos governamentais em que defende uma Política Pública de fortalecimento e valorização do turismo do Distrito Federal como importante ferramenta para a geração de emprego e renda e para o desenvolvimento econômico de Brasília e região.

Entre as iniciativas já realizadas e em andamento para benefício da população local e entorno:
1. Promoveu a ressignificação do Turismo Cívico e sua ampliação pelo viés Pedagógico, ampliando a participação de alunos e professores de escolas públicas e privadas nos eventos cívicos oficiais (ex.: Solenidade da Troca da Bandeira) e envolvendo a economia criativa local;
2. Aumentou a visibilidade do segmento do Turismo Rural, incluindo na oferta de produtos turísticos projetos como Viva Lago Oeste (Sobradinho II), Rota do Cavalo (Sobradinho), Circuito Rajadinha (Planaltina), Rota do Morango e da Goiaba (Brazlândia) e Ruraltur (DF e entorno);
3. Ampliou o acesso ao mercado do segmento do artesanato em feiras nacionais, regionais e locais e a criação de novos espaços mercadológicos permanentes como lojas em shoppings, rotas comerciais e plataformas digitais;
4. Contribuiu para a estruturação do turismo de aventura em Brasília, com o incentivo aos projetos de Trilhas de Longo Curso ao longo de 400km no Distrito Federal;
5. Realizou inúmeros termos de fomento que permitiram aos players do turismo criativo desenvolverem projetos nas áreas de artesanato, cinema, design, gastronomia e música, injetando recursos na economia criativa local;
6. Incrementou o turismo de eventos e negócios na cidade contribuindo para o fortalecimento da cadeia produtiva imediatamente impactada nas ações como receptivos, hotéis, bares e restaurantes;
7. Conquistou pela interlocução com o Ministério do Turismo e BrB a ativação do Fungetur, pela primeira vez na História de Brasília. O que representa para o setor de Turismo do crédito de R$ 521 milhões de reais.
8. Criou o Prêmio Brasília: O Novo Olhar do Turismo. Para reconhecer e valorizar profissionais, iniciativas e personalidades que tenham atuado de forma proativa em benefício do desenvolvimento do turismo do Distrito Federal nos últimos 24 meses.
9. Recebeu a comenda da Ordem do Mérito Bombeiro Militar do DF, condecoração máxima da instituição, no grau de Comendador. A homenagem é um um reconhecimento ao valor pessoal, zelo profissional e relevância dos serviços prestados no âmbito da implantação do novo olhar do Turismo no Distrito Federal.

Postar um comentário

0 Comentários