Brasília integra maior rota turística do Brasil

Via Liberdade, que envolve os estados de MG, RJ e GO e o DF, será lançada nesta sexta-feira e vai percorrer os 1.179 km da BR-040, incentivando visitação pelas cidades históricas e patrimônios culturais, do Rio a Brasília




Dirigentes de Turismo do Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás assinarão, nesta sexta-feira (29), um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para a construção da rota Via Liberdade. A parceria propõe estruturar uma nova rota turística e cultural, interligando as belezas históricas, culturais e artísticas entre os três estados e o DF. A cerimônia de assinatura vai acontecer às 19h30, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG). Em seguida, haverá show com o artista Diogo Nogueira.

O projeto busca as oportunidades turísticas contidas no percurso de 1.179 quilômetros da BR-040 por meio de ações e programas estratégicos, que incluem patrimônios da humanidade, paisagens entre montanhas e mar, cidades imperiais, natureza exuberante, horizontes, capitais, metrópoles, comidas típicas, tradições, sertão, arte e contemporaneidade.

Dentre as ações propostas, estão a realização de encontros direcionados a pesquisadores, artistas e especialistas com temas relacionados aos marcos da história do Brasil; a celebração do bicentenário da Independência do Brasil; a promoção de destinos estratégicos do projeto; seminários sobre patrimônio e turismo; atividades de marketing de destino como apoio à comercialização dos territórios envolvidos junto a agências e operadoras; a utilização de portais do turismo e redes sociais para potencializar o turismo virtual; participação em feiras e eventos nacionais e internacionais e parcerias estratégicas com setor público, privado e entidades representativas do turismo.

 
Para a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, tudo isto estará devidamente demarcado para guiar o visitante a uma viagem ainda pouco explorada pelo turismo nesta parte do território brasileiro. “Essa rota coincide com o marco do bicentenário da independência do Brasil, que vamos celebrar em 2022. E aí ela ganha um contorno ainda mais representativo, pois perpassa os caminhos de Tiradentes, dos desbravadores bandeirantes, dos tropeiros, de dom Pedro e mais tarde de Juscelino Kubitschek, até chegarmos a Brasília. São três séculos de história,” ressalta Vanessa Mendonça.

Postar um comentário

0 Comentários