Presidente Jair Bolsonaro faz anúncios em Minas Gerais para melhorar a qualidade de vida da população



O Governo Federal vai destinar recursos para aprimorar a mobilidade urbana e estimular a produção de vacinas no país



Investimento do Governo Federal vai viabilizar a construção da Linha 2 do Metrô de Belo Horizonte (MG). - Foto: Adalberto Marques/MDR

Como parte das celebrações de Mil Dias de gestão, o Presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta quinta-feira (30), investimentos em mobilidade urbana e em ciência e tecnologia em Belo Horizonte (MG). Foram destinados recursos para ampliar e modernizar o metrô de Belo Horizonte e lançada a pedra fundamental para a construção de um centro nacional de vacinas.

"Temos, mesmo com menos recursos, apresentado mais trabalho para o bem de todos nós", disse o Presidente Bolsonaro. "Mil Dias de muitas realizações, Mil Dias difíceis com a pandemia, mas também mil dias sem corrupção", afirmou o Presidente.

O Ministério do Desenvolvimento Regional vai destinar R$ 2,8 bilhões para a conclusão do processo de desestatização da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na região metropolitana de Belo Horizonte, bem como a concessão da Linha 1, em operação, e da Linha 2, a ser construída. Outros R$ 428 milhões virão do governo de Minas Gerais. Os investimentos totais estão estimados em R$ 3,7 bilhões e serão complementados pela iniciativa privada, que terá o direito de explorar os serviços.

O objetivo é modernizar e ampliar a Linha 1 melhorando a qualidade de vida de cerca de 210 mil pessoas que utilizam esse serviço diariamente. E beneficiar outras 50 mil que passarão a utilizar o sistema com a construção da Linha 2.

A Linha 1 do metrô de Belo Horizonte liga Contagem, na Região Metropolitana, à capital mineira. São 28,1 quilômetros de extensão e 19 estações para passageiros. Serão feitas melhorias na parte já operacional da linha férrea, além da ampliação para a estação de integração Novo Eldorado, agregando cerca de um quilômetro à extensão da linha. Já a Linha 2 ligará o Bairro Calafate à região do Barreiro, ambos em Belo Horizonte.

Durante o evento em Belo Horizonte, o Presidente Jair Bolsonaro sancionou o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) n.15/2021 que formaliza o aporte de recursos da União. O aporte será feito por meio da capitalização da Veículo de Desestatização MG, empresa que será criada exclusivamente para o processo de desestatização da filial mineira da CBTU, que é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional.

Produção de vacinas
O primeiro passo para a construção do Centro Nacional de Vacinas MCTI foi dado com o lançamento da pedra fundamental, durante o evento em Belo Horizonte. O centro vai servir de hub para que sejam desenvolvidos projetos de inovação nas áreas de vacinas, kits diagnósticos e de fármacos, com foco na transferência tecnológica para empresas e instituições que atuem no mercado de saúde.

De acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações o centro terá condições de produzir a tecnologia de vacinas, o insumo farmacêutico e fazer a distribuição.

O centro buscará apoiar grupos de pesquisa, instituições e empresas por meio da capacitação de profissionais e prestação de serviços. A parceria prevê investimentos de cerca de R$ 50 milhões do Governo Federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e de R$ 30 milhões do governo de Minas Gerais.

Mil Dias de Governo
Em razão dos Mil Dias de Governo, o Presidente Jair Bolsonaro e ministros estão viajando pelas cinco regiões do país fazendo entregas e anúncios de obras e projetos. Além de Minas Gerais, o Presidente já esteve na Bahia, em Alagoas e em Roraima.

Postar um comentário

0 Comentários