Surdez: veja sinais que apontam a perda auditiva



Zumbindo, TV muito alta e dificuldade para escutar conversas estão entre os sintomas 


A perda gradual da audição é algo comum na rotina da população brasileira e de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma a cada dez pessoas podem ser afetadas com essa perda até 2050. 


Apesar da perda auditiva ser comum na população com mais de 80 anos, mais da metade das pessoas que relatam esse tipo de problema ainda estão no mercado de trabalho. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 5% da população mundial sofre com a perda auditiva incapacitante.


Para a fonoaudióloga e especialista em audiologia da clínica Microsom, Gilvânia Barbosa essa perda auditiva tão jovem pode ser explicada pelo uso frequente de fones de ouvido e o contato diário com música alta. "Hoje em dia os jovens escutam cada vez mais músicas com o volume máximo no foninho, com o passar dos anos isso traz prejuízos. Além disso, shows e ambientes com muito ruído, como o trabalho em construções e marcenarias, por exemplo, sem o devido cuidado, podem prejudicar a audição", explica. 


Os sinais dessa perda podem ser de fácil percepção conta Gilvânia. Veja quais são: 


1-Zumbido ou sensação de 'ouvido tampado;

2-Necessidade de aumentar o volume para conseguir ouvir com clareza; 

3-Deixar de perceber sons do ambiente; 

4-Solicitar que a pessoa fale mais de uma vez a mesma coisa com frequência


A especialista alerta "Se a pessoa estiver sentindo esses sintomas é preciso procurar um médico especialista para fazer exames". Gilvânia também alerta que outro fator a ser levado em consideração é a genética, que pode levar à perda auditiva gradativamente. 


 

Postar um comentário

0 Comentários