Neoenergia

DF SOCIAL já começou a ser pago a mais de 34 mil famílias

Cerca de 35 mil devem abrir conta para receber DF Social

Auxílio está sendo pago desde 30/12. Para conferir se o seu nome está entre os contemplados, basta acessar o site do programa

O DF Social integra o Plano DF Social, assinado pelo governador Ibaneis Rocha em dezembro

O novo benefício DF Social começou a ser pago no último dia 30 de dezembro e, aproximadamente. 34 mil famílias já receberam o auxílio financeiro. Porém, cerca de 35 mil pessoas ainda não receberam o benefício pela falta da conta social digital.

A abertura da conta pode ser realizada pelo aplicativo BRB Mobile e basta seguir o passo a passo neste link. Caso não consiga fazer a abertura pelo aplicativo, o Banco BRB dispõe de 52 agências onde é possível realizar o procedimento de forma presencial (confira endereços).

Não é necessário fazer o agendamento. Basta comparecer nas agências dentro do horário bancário portando os seguintes documentos: CPF, documento de identificação com foto e comprovante de endereço.

52 agências do BRB estão disponíveis para abertura da conta presencialmente

Para confirmar se está entre os beneficiários do DF Social, é necessário acessar o site GDF Social, informar CPF e data de nascimento. Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista.

Caso seu nome não apareça na lista do site, é preciso agendar atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), pelo 156 ou pelo site da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

DF Social

O DF Social integra o Plano DF Social, assinado pelo governador Ibaneis Rocha em dezembro. O pacote prevê seis benefícios – DF Social, DF Brincar, Incentiva DF, Agentes da Cidadania, Agentes de Cidadania Ambiental e DF Alfabetização – e tem o objetivo de fortalecer as famílias vulneráveis, na maioria, afetadas diretamente pelos efeitos econômicos da pandemia da covid-19.

Para pleitear a inclusão no DF Social, o cidadão precisa preencher os seguintes requisitos: estar inscrito no Cadastro Único, ter renda familiar per capita mensal igual ou inferior a meio salário-mínimo, ser correntista do BRB e morar no Distrito Federal.

*Com informações da Sedes-DF

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.BR/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem