Neoenergia

TBR | Saiba cientificamente o que pode estar acontecendo com o planeta Terra!

A Terra está “encolhendo”. Será uma ameaça à vida no planeta?

Uma taxa de 60 mil toneladas de atmosfera é perdida por ano, assim a Terra levaria 5 bilhões de anos para perder a sua atmosfera. (Crédito: Reprodução/NASA)

É interessante perceber que a Terra está constantemente trocando materiais com o sistema solar circundante. Isto é, a poeira que acelera pelo espaço bombardeia regularmente o nosso planeta sob a forma de estrelas cadentes, e os gases da atmosfera da Terra infiltram-se regularmente no espaço. Mas então… o planeta está se expandindo ou encolhendo? Entender se ela ‘cresce’ ou ‘diminui’ pode ajudar a saber se esse efeito ameaça a vida na Terra.

Numa troca constante entre a Terra e o meio que a acolhe, a dúvida que se instala é se o nosso planeta se está a expandir ou a encolher. Devido aos presentes gasosos da Terra para o espaço, o planeta – ou, para ser específico, a atmosfera – está encolhendo, segundo Guillaume Gronoff, um cientista pesquisador que estuda a fuga atmosférica no Langley Research Center da NASA, na Virgínia. Contudo, apesar de estarmos encolhendo, o valor não é assim tão elevado.

Conforme é citado no trabalho do pesquisador, os planetas são formados pela acreção (acumulação de matéria na superfície), isto é, quando o pó do espaço colide e se acumula cada vez mais numa massa maior. Após a formação da Terra há cerca de 4,5 bilhões de anos, este “engordar” continuou a acontecer sob a forma de material trazido pelos meteoros e meteoritos.

Pois bem, quando um planeta se forma, neste momento começa outro processo: a fuga atmosférica. Portanto, esta perda de gases acontece através de um processo semelhante à evaporação, mas numa escala diferente. Segundo Gronnoff, na atmosfera, o oxigênio, hidrogênio e átomos de hélio absorvem energia suficiente do sol para escapar à atmosfera.

Então como é que estes processos afetam a massa global da Terra? Os cientistas só podem estimar.

“Claro, ainda é uma pesquisa, porque é difícil medir a massa da Terra em tempo real. Não temos o peso da Terra com a precisão necessária para ver se a Terra está a perder ou a ganhar”, disse o cientista.

Contudo, observando a taxa de meteoros, os cientistas estimam que cerca de 16.500 toneladas – cerca de uma torre Eiffel e meia – têm impacto no planeta todos os anos, acrescentando à sua massa, disse Gronoff.

Os pesquisadores estimaram a taxa de fuga atmosférica, “é algo como 82.700 toneladas ou 7,5 Torres Eiffel. Isto significa que a Terra está perdendo cerca de 66.100 toneladas por ano. Embora isso pareça muito, no contexto de todo o planeta, é muito, muito pequeno”, explicou o cientista do Langley Research Center.

Mas a Terra poderá perder a sua atmosfera?

Há constantemente uma perda de atmosfera. No entanto, utilizando estimativas de fuga atmosférica estabelecidas ao longo dos últimos cem anos, Gronoff calculou que, a uma taxa de 60.000 toneladas de atmosfera perdida por ano, a Terra levaria 5 bilhões de anos para perder a sua atmosfera se o planeta não tivesse maneira de repor.

Portanto, mesmo que não houvesse reposição dos gases que envolvem o nosso planeta, seriam precisos muitos milhões de anos para desaparecer um elemento crucial à vida.

Contudo, este número de 5 bilhões é num caso extremo, porque o oceano e outros processos, como erupções vulcânicas, ajudam a repor a atmosfera da Terra. Portanto, levará mais de 3.000 vezes esse tempo – cerca de 15,4 trilhões de anos – antes que a Terra perca a sua atmosfera.

Apesar disso, antes que tal fenômeno aconteça, infelizmente, a Terra passará a ser inabitável de qualquer forma devido à evolução do Sol, que se espera que se torne num gigante vermelho dentro de cerca de 5 bilhões de anos.

FONTE: ISTO É DINHEIRO | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.BR/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem