Opinião: Revolução Digital dá adeus à burocracia no Detran-DF

 Acabamos com a burocracia na hora de fazer a transferência de veículos usados! Anunciei hoje o lançamento da Transferência Eletrônica Inteligente – TEI, sistema que permite a transferência de veículos usados pelo celular, sem burocracia ou intermediários. O serviço estará em funcionamento no aplicativo Detran Digital a partir do dia 14 de fevereiro (segunda-feira)


Por Zélio Maia

Para realizar a transferência eletrônica, bastará que vendedor e comprador possuam cadastro biométrico no Detran-DF e que o veículo não possua pendência ou restrição. Durante a transação, o aplicativo fará o reconhecimento facial das partes, utilizando a câmera do celular. Feita a verificação, a transferência será realizada imediatamente.

O moderníssimo sistema se assemelha ao PIX: funciona em tempo real, durante 24 horas por dia, nos sete dias da semana e em todos os dias do ano, inclusive feriados. Além disso, a operação é instantânea e a transferência ocorre no ato. Outra característica do TEI é a segurança, já que o sistema possui um robusto mecanismo de prevenção de fraudes.

Outra inovação que anunciamos é a TEI-Agência, por meio do qual as empresas que comercializam veículos e usados ou semi-novos poderão transferi-los imediatamente aos clientes. As agências interessadas em aderir ao serviço deverão apresentar carta de apresentação ao Detran-DF a partir do dia 14 de fevereiro. As orientações e requisitos serão publicados em Diário Oficial do Distrito Federal – DODF.

Quando me convidou para assumir a Direção-Geral do Detran-DF, em março de 2020, o Governador Ibaneis me relatou seu incomodo com as longas filas de atendimento e burocracia excessiva que os cidadãos enfrentavam para acessar qualquer serviço prestado pelo Detran-DF. Ele me confiou a missão de colocar o Departamento no século XXI. Assumi a missão com um projeto estruturado em um tripé: inovação, modernização e educação.

LINHA DE TEMPO – REVOLUÇÃO DIGITAL NO DETRAN-DF
  • Março de 2020: Assumi a Direção-Geral do Detran-DF com um projeto estruturado no tripé: inovação, modernização e educação.
  • Agosto de 2020: Lançamos o aplicativo Detran Digital.
  • Junho de 2021: Instituímos o Primeiro Emplacamento Inteligente - PEI, por meio do qual o cidadão realiza o emplacamento do veículo zero km diretamente na concessionária.
  • Fevereiro de 2022: Lançamos a TEI, sistema que permite a transferência de veículos usados através do celular.
Em menos de seis meses, em meio as medidas de restrição impostas pela pandemia, lançamos o aplicativo Detran Digital, que oferece um conjunto de serviços ao cidadão por meio da internet. No ano seguinte, em junho de 2021, demos mais um passo importante: criamos o Primeiro Emplacamento Inteligente - PEI, por meio do qual o cidadão faz o registro do veículo zero km de forma imediata e diretamente na concessionária. Agora, implantamos a Transferência Eletrônica Inteligente – TEI, que representa uma revolução nas transações de veículos no Distrito Federal e a entrada definitiva do Detran-DF no universo das inovações tecnológicos.

O tempo dos aborrecimentos, do excesso de burocracia e das filas intermináveis ficou para trás. Ao possibilitar o acesso dos serviços do Detran na palma da mão, damos nossa contribuição para melhorar a qualidade de vida do cidadão e caminhamos para alcançar o patamar de serviço público que a sociedade exige: eficiente, digital, seguro, transparente e aberto.


*Zélio Maia da Rocha, é advogado e procurador do Distrito Federal, está diretor-geral do Detran-DF.


Rosângela Chimiti

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem