Setur reúne artesãos em Brazlândia para mais uma entrega

Secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, entrega 41 carteiras nacionais de artesão na cidade e abre oportunidade para profissionais das artes manuais ocuparem seu lugar no mercado de trabalho com apoio do GDF
Na tarde desta sexta-feira (18), a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça entregou 41 novas Carteiras Nacionais de Artesão, na Casa do Turista em Brazlândia. A ação é uma iniciativa que vem garantindo aos trabalhadores que recebam o documento em suas cidades, além de aumentar o número de cadastros e de renovações.
Para a secretária, o principal objetivo dessa atividade é garantir aos artesãos todos os benefícios que a identificação gera. “Minha maior preocupação como gestora pública é gerar emprego e renda e o artesanato precisa desse reconhecimento, para que sejam respeitados, não apenas como artistas que são, mas como profissionais diferenciados que trabalham a alma do turismo”, afirma à gestora.
Na oportunidade, a secretária aproveitou para ouvir as demandas do setor e para apresentar outras ações que vão garantir a geração de renda para os artesãos, para o turismo e para a população de Brazlândia. “Com o apoio do nosso Governador, criamos aqui a Casa do Turismo, que conta com um Centro de Atendimento ao Turista e uma loja de artesanato, onde os artesãos podem expor e comercializar seus produtos; criamos a rota da Fé, que vai movimentar não apenas o turismo mas a economia local, entre outras ações que temos apoiado na cidade, como a Feira do Morango e a feira da Goiaba”, elencou Vanessa Mendonça.  
O administrador de Brazlândia Jesiel Rosa, que também esteve prestigiando a entrega das carteiras, ressaltou a importância da Casa do Turismo para os artesãos da cidade e destacou a parceria com a Setur/DF no desenvolvimento da cidade. “A secretária Vanessa é uma grande parceira da nossa cidade, a Casa do Turismo estava abandonada e nada disso estaria acontecendo sem ela. Em breve também estaremos inaugurando a rota Caminhos da Fé, que será outro grande atrativo para o turismo da nossa cidade”.
O deputado distrital Iolando Almeida (PSC) participou da entrega das carteiras e, na oportunidade, anunciou a construção de novos equipamentos na cidade e garantiu um galpão de 400 a 800 metros exclusivos para o artesanato. A notícia aumentou a expectativa dos trabalhadores. “Esse será um espaço muito especial para que possam vender os produtos de artesanato feitos na nossa cidade”, anuncia o deputado.
Crescimento do setor
O evento também seguiu com prestações de contas do trabalho que a Setur/DF tem realizado nos últimos três anos para o segmento. Os números são positivos demonstram a evolução do segmento ao longo da gestão. Entre 2019 e 2021 foram movimentados 2,6 milhões de reais com venda de produtos em mais de 100 feiras, eventos e lojas no DF. As informações trouxeram esperança aos artesãos que receberam suas carteiras.
O casal Elizângela do Rosário e José Fernando, que receberam suas carteiras com a pequena Yandra Delis dos Santos nos braços, revelaram que o artesanato é a única fonte de renda da família e veem na Carteira do Artesão uma oportunidade de alavancar as vendas. “Toda a renda que temos vem do nosso trabalho, agora, com a carteira vamos poder expor nossos produtos em feiras e nas lojas, essa é a nossa esperança”, conta a artesã. José Fernando ficou impressionado com a agilidade da entrega “cheguei aqui e não imaginava que já sairia com a carteira na mão foi muito rápido, estamos felizes, eu agradeço muito a secretária Vanessa”, comemora.