Startup que investe em sustentabilidade divide sua história no Congresso Brasileiro de Inovação

Pela primeira vez, o encontro vai acontecer de modo híbrido: presencialmente, em São Paulo, e com acesso gratuito pelo portal do evento



Inciativas ligadas ao conceito ESG (Environmental, Social and Governance) – que indicam boas práticas relacionadas à questão ambiental, social e de governança – estão em alta no mundo corporativo. Atrelada a essa tendência de mercado, a startup gaúcha Trashin é uma das convidadas pelo Sebrae para participar da 9ª edição do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, que acontece em São Paulo, nos dias 9 e 10 de março. A empresa oferece soluções de sustentabilidade por meio da gestão de resíduos e logística reversa para todos os segmentos. O enfoque é a economia circular, que tem como objetivo diminuir o desperdício e gerar impacto positivo.

Nascida em 2018, em Porto Alegre (RS), a startup contou com o apoio do Sebrae na formalização do negócio e divulgação para o mercado. Sérgio Finger, um dos cinco sócios da Trashin, conta que a empresa participou do Inovativa Impacto Social.
“Passar pela aceleração do InovAtiva Brasil de Impacto nos ajudou muito na modelagem do negócio, no estabelecimento das formas de monetização e, principalmente, a entender a jornada de uma startup: como, quando e onde buscar investimentos para rodar cada etapa do negócio”. E comemora: “ao final do programa de aceleração, já estávamos com nossos primeiros dez clientes ativos e conseguimos captar nosso investimento inicial junto a uma aceleradora do Rio Grande do Sul, a Ventiur".

Nos dois primeiros meses da pandemia – março e abril de 2020 –, a empresa teve uma queda de 50% no faturamento com a paralisação das atividades de alguns clientes.
No entanto, a Trashin criou novos serviços, como o de coletas específicas, mais flexíveis e adaptadas à realidade dos clientes que estavam com a operação prejudicada; o serviço de treinamento e educação ambiental on-line (antes era apenas treinamento presencial); o programa de logística reversa em condomínios residenciais (programa Trashin em Casa), para atender a demanda crescente da população em home office; e a consultoria em sustentabilidade, a fim de orientar os clientes sobre como fazer uma gestão de resíduos adequada.

ALI

Em 2021, a empresa participou do Agentes Locais de Inovação (ALI). Por meio do programa, os empresários mudaram a estrutura da comunicação interna e dos processos. “Adotamos práticas inovadoras de comunicação, implementamos ferramentas de gerenciamento de tarefas e performance. Contratamos pessoal para trabalhar nas áreas de gestão de projeto, operacional e comunicação e realocamos profissionais. Com isso, houve redução de retrabalho, aumento da produtividade e da receita. Só durante o trabalho do ALI a empresa cresceu 3,5 vezes”, relata Sérgio Finger.

A Trashin tem hoje 30 colaboradores e mais de 60 clientes. A empresa está presente em 11 estados e no Distrito Federal e a meta é chegar a todo o território nacional ainda neste ano.

9º Congresso Brasileiro de Inovação

O Sebrae e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) realizam, nos próximos dias 9 e 10 de março, a nona edição do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, um dos maiores eventos do gênero na América Latina. O evento tem o objetivo de promover debates sobre como criar um mundo mais sustentável, a partir da inovação e da educação como motores de transformação, bem como agendas estratégicas para o país.

Devido à pandemia da Covid-19, o congresso vai acontecer em formato híbrido, presencialmente, em São Paulo (SP), e on-line, por meio de uma plataforma virtual com capacidade para mais de 15 mil acessos simultâneos. Para participar, é preciso fazer a inscrição no site do evento. Clique aqui para saber mais.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem