Em Brasília, Caiado participa de transmissão de cargo no Ministério da Infraestrutura


O governador Ronaldo Caiado participou, na noite desta quinta-feira (31/3), do evento de transmissão de cargo no Ministério da Infraestrutura. Tarcísio Gomes de Freitas deixa o posto de ministro e é substituído por Marcelo Sampaio, que era o secretário-executivo da pasta. A solenidade foi realizada no auditório do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília

Fotos: Júnior Guimarães.

“Fiz questão de estar aqui pela história de comprometimento de Tarcísio com Goiás. Ninguém realmente fez pelo desenvolvimento do Estado como ele”, afirmou o chefe do Executivo estadual. “A Norte-Sul hoje é uma realidade, temos também a duplicação de rodovias, a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste a que ele deu prioridade. Tudo isso nos proporcionou aquilo que é o mais importante para nós: desenvolvimento, logística e infraestrutura”, analisou Caiado.

Tarcísio de Freitas estava no ministério desde o início do atual governo, em 2019. Formado em engenharia civil pelo Instituto Militar de Engenharia (IME), é servidor de carreira vinculado à Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados. O ato de exoneração foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União. O motivo da saída é para atender a exigência da legislação eleitoral, já que Tarcísio pretende se candidatar nas eleições deste ano.

“Fiquei super feliz quando o governador Caiado disse que agora em Goiás se faz obras padrão Dnit. Isso significa que virou uma marca, um símbolo de qualidade, de coisa bem feita”, revelou Tarcísio. “Nós chegamos ao ministério e dissemos que iríamos colocar nossa atuação em cima de quatro pilares: a transferência massiva de ativos para a iniciativa privada, a conclusão de obras inacabadas, a resolução de problemas de concessões herdadas e que deram errado e o fortalecimento das instituições. Seguimos nesta teia sem desvios”, explicou o agora ex-ministro.

Marcelo Sampaio também é servidor de carreira desde 2008 no governo federal. Formado em engenharia civil com ênfase no setor de transportes pela Universidade de Brasília (UnB), é mestre em planejamento de transportes com estudos em avaliação de vulnerabilidade de infraestrutura de transportes. No ministério, como secretário-executivo, foi responsável pelo programa de modernização, desburocratização e transformação digital do setor de infraestrutura.

“Tenho certeza de que vamos juntos continuar construindo um país, na área de infraestrutura, de primeiro mundo. Será um desafio muito grande, mas tamanha também é a vontade de fazer dar certo. Seguirei tocando o legado da melhor equipe do Ministério da Infraestrutura da história. Hoje, assumo o compromisso público de honrar 210 milhões de brasileiros, que nos confiaram R$ 7 bilhões de orçamento para 2022, com uma carteira enorme de projetos para entregar”, enfatizou o novo titular da pasta.

Caiado e Tarcísio ressaltaram a chegada de Marcelo Sampaio ao cargo. “É o ministro mais jovem dos 161 anos de história do Ministério da Infraestrutura. Está absolutamente pronto para a missão. Fez carreira aqui, tem habilidades, sabe conversar e vai fazer um grande trabalho. Escreverá seu nome na história porque tem talento”, projetou Tarcísio de Freitas.

“Marcelo chegou a esta condição por mérito e competência. Nós o conhecemos bem e podem ter certeza de que vai continuar na mesma linha de trabalho e resultados que Tarcísio entregou ao Brasil. Conhece a estrutura e todo o corpo técnico. Valorizo o sentimento de buscar nas estruturas de governo, no servidor público, que tem espírito público, e dar a eles condições para dirigir”, completou o governador de Goiás.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem