Nutrição de Precisão: conceito inovador chega ao Brasil e revoluciona alimentação na suinocultura


 Parceria entre farmacêutica espanhola e fabricante brasileira coloca no mercado nacional produtos elaborados com ingredientes naturais e bioativos, abrindo novos caminhos na criação animal

Com avanços em vários segmentos, a tecnologia atinge também o agronegócio, provocando mudanças importantes na produção animal. Um dos exemplos é a Nutrição de Precisão na suinocultura, que torna mais eficaz a alimentação para suínos. O conceito usa o poder da tecnologia para prescrever dietas, fornecer nutrientes na qualidade e quantidade exatas que o organismo precisa para manter o animal saudável e produtivo.

Segundo estudo desenvolvido pela Automated Intelligent Precision Feeder System, estima-se um crescimento na nutrição de precisão que pode resultar na redução de até 8% dos custos ligados à alimentação suína, além da queda de 40% da excreção de nitrogênio e fósforo e 6% de emissão de gases de efeito estufa. 

Essa inovação que vem se popularizando há vários anos acaba de ser trazida para o Brasil pela Agronutri, empresa de tecnologia em nutrição e saúde animal, com sede em Quatro Barras (PR). A fabricante trouxe para o mercado nacional núcleos vitamínicos e fórmulas especialmente elaboradas para leitões em suas fases iniciais de desenvolvimento, por meio de uma parceria com a farmacêutica espanhola Farm Faes - fabricante de produtos já consagrados ao redor do mundo, como Ingaso e Tecnovit. Com isso, os criadores de suínos brasileiros passam a ter produtos inovadores, elaborados com ingredientes naturais, bioativos e livres de fármacos, nutrição adequada às exigências do mercado europeu há alguns anos. 

Esta novidade foi anunciada na maior feira de tecnologias do segmento, o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), em agosto. Todos os produtos são desenvolvidos pela farmacêutica espanhola Farm Faes, ou seja, fabricados pela Ingaso e Tecnovit, e só podem ser distribuídos, produzidos e comercializados no Brasil pela Agronutri. Ambos já possuem autorização e registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

P-140

O P-140 é um núcleo vitamínico para rações de fase Pré-inicial, com alta concentração de proteínas de alta digestibilidade. É indicado para leitões em fase de desmame (em torno de 21 a 28 dias de vida, em caso de animais com desenvolvimento tardio) até os 42 dias de idade do animal. O produto, composto por aminoácidos, antioxidantes, acidificantes, macro e micro minerais, enzimas, probióticos e vitaminas é um auxiliar na transição alimentar, do desmame para a alimentação sólida, e age como um protetor da mucosa intestinal do suíno, coibindo a proliferação de bactérias que causam a diarreia, um dos maiores problemas da suinocultura.

De acordo com Glaiton Martins, Gerente Comercial da Agronutri, o P-140 é um núcleo vitamínico que prepara o organismo do leitão para a introdução de uma dieta alimentar sólida, acelerando o amadurecimento do seu trato digestivo e o desenvolvimento muscular e ósseo do animal. “O P-140 é um produto livre de fármacos e rico em ingredientes nutracêuticos [produtos naturais formados por diversos componentes que proporcionam benefícios para a saúde e o bem-estar, com compostos bioativos presentes em alimentos e concentrados] adicionado a fórmula da ração e, assim sendo, pode ser fornecido de forma gradual, ainda na amamentação”, explica Glaiton. “Com isso, o animal jovem, tem contato com a ração, evitando o estresse ao organismo, quando houver a introdução da dieta sólida definitiva, após o desmame”, completa.

A diarreia é uma das principais causas de mortalidade em leitões devido à perda excessiva de líquidos, eletrólitos e nutrientes. Mesmo quando não leva o animal a óbito, causa prejuízos significativos à criação e impactos econômicos, já que leitões acometidos pela diarreia apresentam redução do ganho de peso e precisam ser tratados com antibióticos. “Os antibióticos, com o passar do tempo, geram bactérias resistentes.No mercado consumidor, nacional e internacional, há uma demanda crescente por proteínas animais livres de antibióticos e outros fármacos. Uma dieta natural vai de encontro à saúde e bem-estar animal e às novas demandas”, diz Glaiton.

Lotus

Já o Lotus possui um núcleo vitamínico mineral para rações das fases iniciais elaborado com ingredientes bioativos que protegem o sistema digestivo de leitões e aceleram o seu desenvolvimento entre os 42 e 70 dias de vida.

De acordo com o gerente comercial, as dietas para suínos devem ser formuladas conforme as etapas de vida do animal e, por isso, é essencial oferecer uma alimentação que atenda às necessidades específicas em todas essas fases, levando em conta o seu desenvolvimento, e fornecendo nutrientes de acordo com cada animal. “Na fase de desmame, o leitão sofre com o estresse da transição alimentar [da amamentação para a introdução de dieta sólida] e o seu sistema digestivo ainda é frágil, por isso, deve ser oferecido ao animal dietas bem elaboradas para evitar a proliferação de bactérias que causam problemas como a diarreia, por exemplo”, esclarece.

Os leitões desmamados possuem requerimentos específicos devido à condição do seu sistema digestivo. “O Lotus é um núcleo vitamínico mineral que prolonga a ação protetora na mucosa digestiva durante o desenvolvimento do trato digestivo dos leitões, além de auxiliar, de forma suave, na transição para a fase de crescimento, permitindo que o animal expresse todo o seu potencial genético. Os ingredientes bioativos disponibilizam mais proteínas aos músculos, otimizando o crescimento para a fase de engorda”, complementa. 

O Lotus também contém aminoácidos, antioxidantes, macro e micro minerais, além de enzimas, probióticos, acidificantes e vitaminas. Todos os compostos são ingredientes livres de fármacos. “É uma tendência cada vez maior o uso de ingredientes naturais para as criações. Essas dietas protegem a flora intestinal, favorecendo as bactérias benéficas e coibindo a proliferação de patógenos”, detalha Glaiton.

Secure

O Secure é um concentrado alimentar para rações, elaborado com ingredientes bioativos (elementos já presentes em alimentos naturais, mas em concentrações maiores que promovem o bem-estar, sanidade e maior eficiência do alimento no organismo), que visa à manutenção da mucosa intestinal e o estímulo da função digestiva para otimizar o rendimento do animal. De acordo com o especialista, o concentrado Secure melhora a flora intestinal do animal, privilegiando a proliferação de bactérias benéficas ao funcionamento do organismo, as chamadas enterobactérias. “Por ser elaborado com ingredientes bioativos, naturais, o Secure promove a eubiose intestinal, favorecendo a saúde e o desenvolvimento dos animais”, explica.

A eubiose intestinal é a colonização de bactérias intestinais que equilibram a flora intestinal, melhorando as defesas imunológicas do organismo e a digestão, com consequências diretas na proteção do indivíduo. “A disbiose intestinal é um desequilíbrio da flora bacteriana natural do intestino e que reduz a capacidade de absorção dos nutrientes, ganho de peso dos animais e a necessidade da introdução de medicamentos, como os antibióticos”, diz. 

Com o lançamento do Secure, o objetivo da Agronutri é oferecer aos criadores de suínos brasileiros uma alternativa de manejo alimentar livre de medicamentos, a desmedicalização. “Por isso, o Secure é uma ferramenta nutricional que auxilia na redução ao uso de medicações”, completa

Em sua elaboração, o Secure recebe ácidos graxos, sais minerais orgânicos e inorgânicos, e extratos vegetais. Esses ingredientes, combinados, auxiliam na manutenção da imunidade, prevenindo casos de inflamações intestinais em suínos. 

Prevento

Outro suplemento alimentar elaborado a partir de alfa-monoglicerídeos de ácido orgânico com foco no controle de bactérias em suínos, o Prevento, auxilia na manutenção da saúde dos suínos de forma inteligente.

Agindo diretamente no sistema intestinal, que passa a concentrar um maior número de enterobactérias (as chamadas bactérias do bem, que aumentam a imunidade do organismo), e com uma tecnologia inovadora de microencapsulamento, o Prevento é elaborado a partir de alfa-monoglicerídeos de ácido láurico (MLAU) e extratos vegetais. “Os alfa-monoglicerídeos possuem alta atividade antimicrobiana e capacidade de agir sobre bactérias e vírus”, esclarece Glaiton. 

A tecnologia de microencapsulamento do Prevento, obtida a partir da eletro-hidrodinâmica, também faz parte da ação direta do produto, já que ela impede a absorção precoce de monoglicerídeos de ácido láurico (MLAU) pelo organismo do animal e proporciona uma liberação lenta no trato intestinal, por microesferas homogêneas. “A tecnologia mascara aromas ou sabores desagradáveis que podem fazer com que o animal rejeite alguns alimentos, impede que alguns compostos ativos sejam metabolizados antes de chegar ao intestino e permite uma taxa de inclusão menor na alimentação, o que reduz o custo ao produtor”, explica Glaiton. “E o produto pode ser adicionado a outros acidificantes, de preferência, em aplicações específicas para alcançar efeitos sinérgicos”, finaliza.

Sobre a Agronutri

Focada no mercado de nutrição animal, com alta produtividade, indústria 4.0, tecnologia de ponta, automação, rastreabilidade e localização privilegiada, a Agronutri é uma empresa completa no segmento de Nutrição e Saúde Animal, em especial de suínos. Buscando soluções inovadoras, os produtos da indústria são todos livres de qualquer fármaco, seguindo as normas atuais de proteínas animais.

Sobre a Farm Faes

Fundada em 1933, é uma companhia farmacêutica espanhola que atua nas áreas de pesquisa, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e matérias-primas nos segmentos de fármacos humanos e, há 40 anos, no segmento de nutrição animal - em especial na suinocultura, área na qual é líder nas fases de 0 e 1. Com atuação em 40 países, e já ultrapassou o número de 3 mil fórmulas, e possui mais de 300 registros aprovados.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos