BRB

Lula reafirma discurso de 2002 e irá acabar novamente com a fome no Brasil

Emocionado, o ex-presidente disse que, se cada brasileiro voltar a fazer três refeições por dia, terá cumprido a missão de sua vida

Foto: Ricardo Struket.

É um momento que se tornou parte da História do Brasil. Logo após ser eleito pela primeira vez, em seu discurso de diplomação em dezembro de 2002, Luiz Inácio Lula da Silva lançou seu mais radical compromisso, acabar com a fome: “Se ao final do meu mandato todos os brasileiros tiverem a possibilidade de tomar café da manhã, almoçar e jantar, terei cumprido a missão da minha vida”.

Os governos de Lula e Dilma tiraram o Brasil do Mapa da Fome da ONU, colocaram os pobres no orçamento e promoveram crescimento econômico com inclusão social.

Tinha início, no início do primeiro governo Lula, uma revolução que desconstruiu crenças antes limitantes da política brasileira. A fome não era, ao contrário do que se fazia acreditar, uma endemia, algo inerente à realidade do país, um desafio insuperável. Lula afirmava que desigualdade, pobreza, miséria e fome são questões profundamente relacionadas, e por isso exigem uma abordagem séria e consistente. Prometido e cumprido: graças a esse compromisso, 36 milhões de pessoas foram tiradas da pobreza extrema.

A partir daquele discurso de Lula e nos anos seguintes, a pobreza declinou de forma contínua e consistente até chegar no patamar de 3%.

Infelizmente, em 2022, uma verdadeira tragédia humanitária assola o Brasil. A fome avança e já passa a atingir mais de 33,1 milhões de brasileiros. Este é o número de pessoas que passam mais de 24 horas sem ingerir nenhum alimento. 125 milhões de brasileiros estão em situação de insegurança alimentar, por falta de vergonha na cara de quem governa atualmente esse país.

A fome no Brasil tem nome e sobrenome: Jair Bolsonaro, o candidato derrotado nas urnas em 2022. Lula voltou, mais uma vez, mais forte e ainda mais comprometido com a causa da sua vida: o fim da fome.

Em discurso hoje, em reunião com parlamentares de diversos partidos, Lula se emocionou e foi às lágrimas ao repetir as mesmas palavras que falou vinte anos atrás. Uma certeza do Brasil do Futuro: Lula irá acabar com a fome neste país, mais uma vez.

“Se quando eu terminar esse mandato, cada brasileiro estiver tomando café, almoçando e jantando outra vez, eu terei cumprido a missão da minha vida”Lula, eleito pela terceira vez presidente do Brasil.
Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos