BRB

Ceia de ano novo: virada saudável para toda a família

Depois das delícias do Natal busca por ingredientes naturais mostra preocupação em investir na alimentação equilibrada na ceia de ano novo

 

As celebrações de virada do ano já movimentam os supermercados em todo o país. A esperada festa de Réveillon ganhou peso depois de dois anos com comemorações mais restritas devido à pandemia de Covid-19. Se por um lado, os destinos turísticos voltam a ficar movimentados nessa época, há quem ainda prefira passar a virada em casa.


 


“Ainda temos muito movimento nas unidades. As famílias aproveitam para realizar os preparativos das festas de fim de ano e buscam por ingredientes tradicionais para a ceia, além de bebidas como vinhos e espumantes, frutas, castanhas e grãos”, diz o gerente do Supermercado Comper em Sobradinho, no Distrito Federal, Alex Nogueira.


Comper oferece opções saudáveis para o consumidor
 

Se a ceia de Natal foi marcada pelo consumo de carnes, doces e outras guloseimas, a aposta agora são as ceias mais saudáveis, com alimentos que ajudam a balancear o cardápio. Com isso, as frutas experimentam o sabor do aumento das vendas. Utilizadas no preparo de sobremesas, na decoração ou degustações, algumas já são tradicionais nesse período, como uva, pêssego, nectarina, ameixa, manga, abacaxi, pera, kiwi e melancia.

 

Quem também entra na lista de compras são as castanhas, desde a castanha do Pará, castanha de caju, noz pecã, baru e macadâmia. O Brasil produz atualmente, segundo o Conselho Internacional de Nozes e Frutas Secas, cerca de 32,5 mil toneladas dessas nozes e castanhas. Para atender a demanda, mesmo antes das festas de fim de ano, o país precisou importar 29,3 milhões de toneladas, somente entre janeiro e novembro. Grãos como lentilha e grão de bico passam a ter mais destaques nas gôndolas. 

 

A opção por um cardápio mais leve também tem movimentado a venda de peixes. As principais escolhas são o bacalhau e a tilápia. Depois da Páscoa, o fim de ano é uma das datas que mais impulsionam o consumo de peixes. Somente a tilápia, segundo peixe mais consumido no mundo, perdendo apenas para o atum, teve um aumento de 9,8% de produção neste ano, se comparado a 2021, quando foram contabilizadas 534.005 toneladas. A espécie representa mais de 60% da produção de peixes de cultivo no Brasil.

 

O brinde da virada trouxe um aumento na venda de espumantes, com crescimento de 18% em relação a 2021, quando o consumo atingiu a marca de 30 milhões de litros comercializados. Os dados são da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra) que aponta que o reflexo da alta já foi sentido nos últimos quatro meses, que concentram entre 30 a 40% das vendas do ano inteiro. Mesmo com pratos menos calóricos, a bebida está entre as preferidas para a data e devem apenas somar com sucos, refrigerantes, vinhos e cervejas.

 

Lojas do Comper no Réveillon – A rede Comper no Distrito Federal abre neste sábado, dia 31 de dezembro, das 7h às 20h para oferecer mais comodidade aos consumidores. Nos demais dias da última semana do ano o horário de funcionamento é normal: de segunda a sábado das 7h às 22h e domingos das 7h às 20h. Exceção para 1º de janeiro, em que as lojas estarão fechadas.

 

Em Brasília as unidades do Comper ficam na Asa Sul, Planaltina, Gama, Sobradinho e Águas Claras. O Comper disponibiliza ainda a opção Delivery e a “Clique e Retire”, quando o mercado separa os produtos e deixa reservado para o cliente buscar. Basta acessar o site www.comper.com.br.


Fotos: Antoniel Freitas



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos