Raimundo Ribeiro é eleito governador no board do Conselho Mundial da Água

Na sexta-feira (09/12), o diretor presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro é eleito governador no board do Conselho Mundial da Água,o Brasil elegeu três representantes no Conselho Mundial da Água. Foram eleitos para o mandato de três anos, o diretor-presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro, o presidente da ABAR, Vinicius Benevides, e o superintendente de Assuntos Regulatórios na Sabesp, Marcel Sanches

Governadores (brasileiros) eleitos para o mandato 2023-2025 do World Water Council. Da esquerda pra direita: Marcel Sanches, Raimundo Ribeiro e Vinicius Benevides - Foto: Divulgação.

O evento, que ocorreu em Paris, contou com a participação de representantes de países de todos os continentes. O diretor da Adasa, Felix Palazzo, completou a chapa como suplente de Ribeiro.

“Trata-se de uma vitória do Brasil, se fazer presente no maior organismo do mundo que trata da água, que entendemos não como produto mas um bem essencial para a sobrevivência humana”, destacou o diretor-presidente da Adasa.

Os eleitos exercerão o mandato de 2023 a 2025 e estarão à frente da organização do 10º Fórum Mundial da Água, que acontecerá em 2024, em Bali, na Indonésia.

Conselho Mundial da Água
O Conselho Mundial da Água é responsável pela condução coletiva da agenda global da água. Além do trabalho rotineiro inerente à posição - como a aprovação de atas, análise do contexto global, prospecção de eventos e entrada de novos membros - o Board, composto por 35 governadores, também é responsável por toda a estruturação do Fórum Mundial da Água - o maior evento internacional sobre o tema.

Organizado a cada três anos, o Fórum Mundial da Água oferece uma oportunidade única para que toda a comunidade e os principais tomadores de decisão possam colaborar com a proposição de metas a curto, médio e longo prazos a fim de solucionar os desafios globais da água.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos