CDL-DF leva reinvindicação de lojistas para o vice-presidente e ministro da MDIC, Geraldo Alckmin

 

 

Organizado pela UNECS, o encontro desta terça-feira, 10, teve como pauta as prioridades do setor de comércio e serviço

 




Na terça-feira, 10, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), Wagner da Silveira Jr., esteve em uma reunião com o vice-presidente e ministro de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, para discutir as pautas prioritárias do setor. Organizado pela União Nacional de Entidades de Comércio e Serviços (UNECS), o encontro também abordou a importância de recriação da pasta e o papel das maiores entidades de livre adesão do Brasil.

Também esteve na pauta a necessidade do aumento do teto do Simples Nacional, projeto aprovado pela CCJ e que deve voltar para a Câmara ainda este ano. As entidades destacaram para o novo ministro a importância da inclusão dos bares e lanchonetes de volta no PERSE (Port. 11.266/22), bem como a redução das obrigações acessórias através do PLP 178/202, o desenvolvimento de uma nova reforma tributária e a desoneração da folha de pagamento.

As entidades aproveitaram o encontro para expor preocupações em relação ao julgamento do STF que trata das demissões sem justa causa e sua relação com a adesão do Brasil à convenção da OIT e com a geração pelo setor de emprego e renda. "A CDL-DF segue atenta a todas as pautas que contribuam para um melhor ambiente de negócios no DF e no Brasil. Precisamos trabalhar para que seja possível que micro e pequenas empresas sejam fortalecidas, pois é o segmento que mais gera empregos no País", comentou Wagner Silveira. 

O vice-presidente e novo ministro do MDIC, Geraldo Alckmin, agradeceu o canal de comunicação aberto com as entidades e ressaltou a necessidade de diálogo entre o setor produtivo, o parlamento e o governo e a importância da volta do MDIC. 

"Vamos fazer isso permanentemente em interlocução com o Parlamento e o setor produtivo, especialmente o setor de Comércio e Serviços, o grande gerador de emprego e renda no mundo inteiro, especialmente no Brasil. Podem contar conosco!”, comentou o ministro.        



Sobre a CDL-DF

A Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), fundada em 1965, foi constituída pela iniciativa de 25 comerciantes da capital, com o propósito de fortalecer o segmento quando a cidade se formava, criando uma entidade que os identificasse. Hoje, tem cerca de cinco mil associados e é referência em economia e varejo. O principal produto da CDL-DF é o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), que dá aos associados e consumidores mais segurança no momento de efetivar a venda e a compra. A entidade promove a inovação – especialmente por meio da CDL Jovem DF – e a profissionalização do varejo, incentiva políticas públicas em prol do mercado local e estimula a sustentabilidade com a Fundação CDL-DF, braço social da entidade.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos