99Food deixa o mercado brasileiro







Decisão fortalece o já gigante monopólio de delivery no país e eleva custos para estabelecimentos e consumidores



Dois meses após o encerramento do serviço de entregas com frota própria, a 99Food comunicou a parceiros o fim de suas atividades no Brasil. A decisão, que passa a valer a partir do dia 17 de abril, foi recebida com pesar pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). “Há pouco mais de um ano também presenciamos o fim das operações da Uber Eats e do Delivery Center no país. O mercado está cada vez mais concentrado e menos competitivo”, afirma Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel.




Em fevereiro, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) assinou um Termo de Compromisso de Cessação (TCC) com iFood, determinando o fim dos contratos de exclusividade com grandes redes de restaurantes e limitando a geração de receita com esse tipo de acordo nas cidades com mais de 500 mil habitantes. A medida, que vigora a partir de setembro, tem validade de quatro anos e é resultado de uma representação conjunta feita por Rappi, 99Food, UberEats e Abrasel junto ao Cade.






"A saída de mais uma plataforma importante de delivery mostra que o ambiente estava muito desfavorável nos últimos tempos e esperamos que, com a decisão do Cade, a gente possa encontrar um ambiente mais estimulante para as empresas que seguem no mercado e para a entrada de outros competidores", analisa Solmucci.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos