Você sabe o que significa o empoderamento pessoal nas empresas?

 


Planejamento e comunicação são dois fatores importante para o sucesso da implantação de novas culturas nas empresas

Você já ouviu falar em empoderamento pessoal nas organizações? O objetivo desse estilo de gestão é envolver todos, de em todos os níveis hierárquicos nos processos de tomada de decisão. Esse modelo de gestão busca maior engajamento dos empregados porque proporciona autonomia e liberdade para que outras formas de pensar e analisar as situações cotidianas sejam apresentadas.

Gerir a equipe de forma que todos tenham autonomia e participem das decisões estratégicas é uma tendência de gestão que tem tomado conta da conversa em grupos de profissionais envolvidos com recursos humanos. De acordo com a advogada trabalhista, Izabella Alonso Soares, “pessoas motivadas e empoderadas profissionalmente têm consciência do seu papel na organização e o seu comprometimento com as funções que precisa desempenhar é maior. As pessoas se sentem integradas e parte importante da empresa”, afirma. Mas implantar essa política na gestão de pessoas nem sempre é fácil porque demanda muito planejamento e mudanças culturais que vão mexer com cada colaborador de forma diferente. Por isso, alguns pontos de atenção devem ser observados na hora de implantar o novo modelo:

  1. Planejamento das ações e transparência: a implementação da nova cultura empresarial requer um plano e todos os colaboradores devem conhecer o cronograma e os objetivos do processo;
  2. Permita que as ideias inovadoras apareçam: implantar uma nova cultura numa organização nem sempre é uma missão fácil, mas permitir e incentivar ideias inovadoras é um ponto importante do processo. Isso estimula a criatividade da equipe e motiva todos a pensarem novos processos e soluções;
  3. Conheça seus colaboradores: a dica é simples, identifique o perfil das pessoas e delegue funções ou as coloque em posições que tenham a ver com seus gostos e habilidades. Quem faz o que gosta e sabe, tem resultados melhores;
  4. Invista em qualificação e treinamento: programas internos de qualificação e treinamento constantes são imprescindíveis para quem deseja adotar o modelo de gestão de empoderamento da equipe;
  5. Confie nos colaboradores: delegar e confiar deve ser uma premissa dos gestores que desejam liderar pelo empoderamento. Ninguém está livre dos erros, mas é preciso deixar que os empregados busquem soluções criativas e inovadoras para as demandas, por isso, treinamento e orientação são necessários;
  6. Os limites devem ser claramente definidos: todos devem saber qual são os limites da organização para a tomada de decisão. Comunicação assertiva é uma ferramenta poderosa para evitar passivos e desentendimento com os colaboradores;

Izabella explica ainda que a implantação da nova cultura e novo modelo de gestão deve ser clara para todos os colaboradores. “No momento da implantação de um novo modelo de gestão a comunicação juntamente com algumas políticas estratégica que de espaço aos novos comportamentos devem ser as maiores aliadas do gestor. E é a comunicação assertiva que vai tornar o processo de implantação da nova cultura empresarial bem-sucedido”, afirma a advogada.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos