BRB

Ar-condicionado automotivo: vale a pena usar no inverno?

Créditos: Divulgação Ford Slaviero


Maior aliado das viagens de verão, o equipamento precisa de manutenção constante e deve ser utilizado semanalmente em todas as estações do ano

Durante o verão brasileiro, o uso do ar-condicionado é indispensável, mas surgem dúvidas quando as temperaturas caem. Embora seja útil também para desembaçar os vidros em dias chuvosos ou extremamente úmidos e frios, o equipamento precisa de atenção especial o ano todo para evitar riscos ao veículo e aos passageiros.

Independentemente da temperatura, é importante que o ar-condicionado seja utilizado pelo menos uma vez por semana. Todos os modelos, desde os mais antigos até os mais modernos, devem ser ligados por pelo menos cinco minutos semanalmente. “Isso ajuda a prolongar a vida útil do aparelho, já que o gás de resfriamento é corrosivo e precisa circular pelas tubulações junto com um óleo para evitar a corrosão. Se o aparelho ficar desligado, esse óleo também fica parado e pode prejudicar o funcionamento do sistema”, explica Mauro Cezar Candido, chefe de oficina da Ford Slaviero.

Manutenção em dia, mais conforto

Garantir mais conforto é um dos principais objetivos do ar-condicionado, mas, para aproveitá-lo ao máximo, o motorista deve conhecer os detalhes e saber como utilizá-lo da melhor maneira. Há muitos mitos sobre o uso do ar quente, como gastar mais combustível, proliferar fungos e bactérias e causar mau cheiro. “Muitos desses mitos não estão relacionados ao aquecimento em si, mas ao uso inadequado ou excessivo do aparelho. O aumento de consumo de combustível, por exemplo, ocorre ao se utilizar as temperaturas máximas, seja quente ou fria, ou ao deixar o ar ligado por muito tempo”, esclarece Mauro, dá dicas de como evitar esses problemas:

  • Trocar os filtros de ar a cada 10 mil km é essencial para evitar a proliferação de fungos, bactérias e sujeiras que possam entrar no veículo, especialmente para quem, eventualmente, circula em estradas de terra.
  • Antes de chegar ao destino, desligue o ar e deixe a ventilação ligada. Isso ajuda a secar os dutos e evita mau cheiro no próximo uso.
  • Limpe o sistema por completo anualmente para evitar odores indesejados e acúmulo de sujeira.
  • Evite usar a recirculação por muito tempo para manter o calor interno. Abra as janelas de vez em quando para renovar o ar e garantir a entrada  de oxigênio para os passageiros.

Modelos e novidades

O ar-condicionado, que antes era opcional, agora é um item obrigatório nos veículos atuais e varia de acordo com a tecnologia utilizada. A linha Ford Ranger, por exemplo, oferece aparelhos de alta tecnologia totalmente automáticos e digitais, que regulam a temperatura do ambiente com precisão de acordo com a escolha do usuário. Essa funcionalidade evita que o passageiro precise regular a temperatura ideal várias vezes e identifica os ventiladores mais adequados para cada situação.

Alguns modelos mais básicos, combinam a funcionalidade digital com a analógica, garantindo a estabilidade da temperatura no interior do veículo por meio de botões de regulagem giratórios e um display digital de informações.

Sobre a Ford Slaviero

Há quase 80 anos no mercado automotivo, a Ford Slaviero é uma das concessionárias de veículos mais tradicionais e sólidas do mercado, sendo revenda Ford com maior tempo de mercado em Curitiba. Os clientes podem contar com as facilidades oferecidas no comércio de veículos 0km, seminovos multimarcas, peças e serviços especializados. Mais informações: fordslaviero.com.br. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos