Mães de bebês relatam dores nas costas. Saiba como evitá-las

 Ortopedista traz recomendações sobre como prevenir esse problema durante os cuidados com os filhos pequenos 

Créditos: Shutterstock


 

Entre os principais desconfortos relatados por mães de bebês, destacam-se as dores nas costas. Esse incômodo pode ser causado pelo fato de as mulheres empregarem muito tempo nos cuidados com os bebês e se descuidarem da postura ou da ergonomia dos movimentos.  

Para o ortopedista Anderson do Amaral Pereira, do Hospital São Francisco, pertencente ao Grupo Kora Saúde, as mudanças no corpo também contribuem para essa condição. “A sobrecarga do peso, mudança do centro de gravidade do corpo e mudança postural tem por condição a piora da dor”, afirma. 

 

Causas 

A dor nas costas é um desconforto de saúde recorrente relatado por mulheres e homens no mundo todo. Esse problema, que apresenta causas variadas, atinge ou atingirá 80% da população mundial, segundo levantamento realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A instituição alega ainda que esse problema é superado apenas pela frequência de episódios de dor de cabeça. 

A ocorrência da dor nas costas pode ser causada por postura inadequada, lesões musculares, falta de flexibilidade e exercícios, problemas urinários e renais, problemas hepáticos (pedra na vesícula ou cálculo renal), problemas do aparelho reprodutor (cólica menstrual e endometriose), gestação, hérnia de disco, dor ciática, entre outros.  

Dada essa variedade de fatores, é fundamental que se busque atendimento médico para a correta determinação de motivos, pois a dor nas costas pode ser sintoma de problemas mais graves como problemas cardíacos (infarto), problemas respiratórios (pneumonia) e dor degenerativa, originada pelo desgaste progressivo dos discos vertebrais. 

 

Prevenção 

Apesar da quantidade de motivos que causam dor nas costas, a maior parte dos casos é produzida por problemas ergonômicos que podem ser prevenidos. Sendo assim, é necessária a realização de atividades que promovam o ganho de massa muscular na região e de ações que protejam a coluna. Para isso, é aconselhada a prática de exercícios físicos indicados, fisioterapia e alongamentos.  

No caso específico das dores nas costas de gestantes, o médico recomenda “fazer acompanhamento e alongamentos reduzem dor, melhorando o bem-estar materno, prevenindo intercorrências da gestação”.  

 

 

Sobre a Kora Saúde  

 Um dos maiores grupos hospitalares do país, a Kora Saúde possui 17 hospitais espalhados pelo Brasil e está presente no Espírito Santo (Rede Meridional nas regiões de Cariacica, Vitória, Serra, Praia da Costa, em Vila Velha, e São Mateus); Ceará (Rede OTO, todos em Fortaleza); Tocantins (Medical Palmas e Santa Thereza na cidade de Palmas); Mato Grosso (Hospital São Mateus em Cuiabá); Goiás (Instituto de Neurologia de Goiânia e Hospital Encore); e Distrito Federal (Hospital Anchieta e Hospital São Francisco). O grupo possui mais de 2 mil leitos no país e 11 mil colaboradores. A Kora Saúde oferece um sistema de gestão inovador, parque tecnológico de ponta e alta qualidade hospitalar, com o compromisso de praticar medicina de excelência em todas as localidades onde está presente.  

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos