Festa para todas as idades no desfile de 7 de Setembro

Mais de 500 alunos da rede pública de ensino tiveram a oportunidade de se apresentar nos 201 anos da independência do Brasil. Comemoração reuniu cerca de 50 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios











O tradicional Desfile Cívico de 7 de Setembro em celebração ao Dia da Independência do Brasil reuniu aproximadamente 50 mil pessoas, – segundo dados da Polícia Federal -, na Esplanada dos Ministérios nesta quinta-feira (7). A data comemora os 201 anos da independência do Brasil e contou com diversas atrações, como a apresentação da Esquadrilha da Fumaça. Os desfiles de alunos dos ensinos fundamental e médio da rede pública de ensino do DF abriram o evento.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e a primeira-dama Mayara Noronha Rocha marcaram presença no evento, ao lado do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e de outras autoridades.
Com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Ibaneis Rocha ressaltou o trabalho conjunto das forças de segurança distrital e federal | Foto: Paulo H. Carvalho.

Sob um forte esquema de segurança das forças locais e nacionais, as tropas militares, alunos de escolas do DF, blindados e aeronaves conduziram o desfile no Eixo Monumental sem qualquer intercorrência grave. O evento também contou com apresentação de tropas militares a pé da Marinha do Brasil, Exército e grupamentos de segurança pública do DF, como o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.
“É uma festa que reforça o nosso papel como capital de todos os brasileiros, que reúne um pouco de cada canto desse país”Governador Ibaneis Rocha

Ibaneis Rocha celebrou a importância da comemoração para Brasília. “Hoje é uma data muito importante e um momento histórico, quando comemoramos os 201 anos da Independência do Brasil. É uma festa que reforça o nosso papel como capital de todos os brasileiros, que reúne um pouco de cada canto desse país”, afirmou o governador.

Para o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, a tranquilidade do desfile cívico-militar é fruto de um cuidadoso planejamento, pensado com bastante antecedência.

“Desde junho, temos feito diversas reuniões com órgãos vinculados à segurança pública, distritais e federais – GSI [Gabinete de Segurança Institucional], MP [Ministério Público], CMP [Comando Militar do Planalto], Abin [Agência Brasileira de Inteligência], Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal, Corpo de Bombeiros, Detran [Departamento de Trânsito do Distrito Federal]. A gente viu uma integração muito grande, uma consciência geral de que esse evento representa uma virada de chave, uma retomada à normalidade”, comentou. “Tivemos a preocupação grande de garantir a segurança não só das autoridades, mas sobretudo da população aqui presente.”
Segundo dados da Polícia Federal, cerca de 50 mil pessoas conferiram o desfile cívico-militar na Esplanada | Foto: Joel Rodrigues.

Ao todo, 533 alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal participaram do desfile. A secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, ressaltou a importância de proporcionar aos alunos da rede a experiência de se apresentarem no evento que celebra a independência do país.

“Trouxemos estudantes de Samambaia e do Paranoá, crianças que muitas vezes estão conhecendo a Esplanada dos Ministérios. A independência do Brasil é uma data emblemática, que ensina muito sobre o respeito aos símbolos da Pátria. As crianças aprendem na escola sobre o período em que o Brasil deixou de ser colônia e passou a ser um país independente de Portugal. Então, o desfile é como um fechamento de tudo que elas aprenderam, uma possibilidade de vivenciarem esse momento junto com o GDF e as Forças Armadas”, defendeu.

Mais de 500 alunos da rede pública de ensino do DF abriram o evento nesta quinta-feira (7) | Foto: Joel Rodrigues

Público
“A gente viu uma integração muito grande, uma consciência geral de que esse evento representa uma virada de chave, uma retomada à normalidade”Sandro Avelar, secretário de Segurança Pública

A secretária técnica Rachel de Araújo, 34, acompanhada do marido e de dois filhos, elogiou a organização do evento. “A minha história no 7 de Setembro vem desde pequena. Meu pai é cinegrafista e ele sempre me trazia para assistir aos desfiles. Pela primeira vez eu trouxe minha família, meus filhos ficaram emocionados. Eu estou muito agraciada. Foi um evento muito bem-organizado e seguro. Vim sem medo e sem angústia”, comentou.
Rachel de Araújo se emocionou ao levar a família para assistir ao desfile de 7 de Setembro | Foto: Paulo H. Carvalho.

Já a psicóloga Kátia Flores, 44, se sentiu segura ao presenciar a quantidade de policiamento durante o desfile. “Tinha bastante policiamento. A segurança estava muito reforçada. Eu achei excepcional a entrada do Zé Gotinha. Ele foi a estrela do momento. Um momento muito simbólico e representativo”, elogiou.

Hidratação em dia
A Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) esteve presente para fornecer água potável para quem assistiu e participou dos desfiles. A empresa disponibilizou cerca de 30 mil litros de água pelos 24 pontos de apoio distribuídos pela Esplanada dos Ministérios. Quem trabalhou no evento também pôde manter a hidratação em dia. Cinco mil copos de água envasada foram distribuídos a militares e civis em serviço durante o evento e também às autoridades.

Brasília Monumental
Para oferecer o melhor da gastronomia aos espectadores do desfile de 7 de Setembro, o evento Brasília Monumental reúne 20 restaurantes da cidade com pratos exclusivos, entre 11h e 19h30, no Eixo Cultural Ibero-americano. A programação do evento também conta com shows, Arena Gamer e parque de brinquedos infláveis.

Com realização da Associação Amigos do Futuro em parceria com a Secretaria de Turismo do Distrito Federal, o evento, 100% coberto, conta com a participação de restaurantes como Café Club Brasil, Flat Iron, Grande Muralha, Casa de Mainha, Geleia, Pudim dos Anjos e Xamam, com pratos custando a partir de R$ 30.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos