BRB

Governo de Goiás divulgou as diretrizes para a modernização do Estádio Serra Dourada

O Grupo de Trabalho (GT) do Governo de Goiás encarregado da abrangente reforma e modernização do Estádio Serra Dourada avançou em mais uma fase do projeto destinado a transformar o local, incluindoo Ginásio Goiânia Arena, em um espaço multifuncional.                        
   

Liderado pelo vice-governador Daniel Vilela, o GT compartilhou com os três consórcios empresariais habilitados pelo governo estadual as orientações e expectativas referentes às intervenções urbanísticas e arquitetônicas a serem realizadas no local.

O governo estadual demonstra grande preocupação com a mobilidade urbana nas vias de acesso ao Serra Dourada, especialmente em relação aos bairros situados a leste do estádio, onde há uma densa população e concentração de serviços públicos. O vice-governador mencionou que aproximadamente 12 mil pessoas potencialmente frequentam essa área, que inclui a Prefeitura de Goiânia, a Assembleia Legislativa, o Ministério Público Federal e os Fóruns Cível e Criminal.

Além disso, o Grupo de Trabalho também abordou questões como a construção de uma ampla e arborizada via, conhecida como "boulevard," e de um centro administrativo que abrigará servidores do Governo de Goiás, priorizando aqueles que atualmente ocupam imóveis alugados pelo Executivo.

O vice-governador Daniel Vilela enfatizou a importância de revitalizar o Estádio Serra Dourada, tornando-o novamente disponível para os habitantes de Goiás, referindo-se ao estádio como uma "joia" arquitetônica e destacando sua histórica relevância para o estado.

Os três grupos empresariais têm até 90 dias para apresentar estudos com suas propostas para a modernização do estádio e áreas circundantes, visando à criação do novo Distrito de Esportes e Entretenimento, que abrigará jogos, atividades esportivas e de lazer, feiras de negócios e diversos serviços à comunidade, além de um centro gastronômico.

O vice-governador salientou que o Estádio Serra Dourada, após sua revitalização, deverá tornar-se uma nova "centralidade" para Goiânia, funcionando como um ponto de encontro para os moradores da capital.

Espera-se que em janeiro de 2024, com os estudos dos grupos empresariais concluídos, o governo estadual determine o modelo ideal a ser implementado no Serra Dourada. No mesmo ano, o edital de licitação será elaborado, e audiências públicas serão realizadas para discutir o projeto com a comunidade. Posteriormente, será aberto o processo licitatório, e, após a escolha da empresa, a assinatura do contrato deverá ocorrer até o segundo semestre de 2024.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos