BRB

Tensão aumenta entre Venezuela e Guiana por disputa territorial

lula-pede-bom-senso-de-venezuela-e-guiana-em-disputa-por-territorio

Brasil teme escalada do conflito e envia tropas à fronteira enquanto Lula pede bom senso e defende solução pacífica entre os países


A região de Essequibo, que corresponde a aproximadamente 75% do território da Guiana, tornou-se motivo de discórdia entre os países vizinhos. Neste domingo (3), a Venezuela realizou um referendo questionando sua população se deveria reivindicar a área, atualmente controlada pelos guianenses.

O governo venezuelano de Nicolás Maduro defende que a fronteira entre os países deveria ser o Rio Essequibo, alegando que o limite atual foi definido de forma fraudulenta em um laudo arbitral de 1899. Já a Guiana sustenta a validade desse documento e do controle da região contestada, rica em petróleo e minérios.

Diante da escalada da tensão entre os vizinhos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu "bom senso" dos governantes durante visita ao Oriente Médio neste domingo. "O que a América do Sul não está precisando agora é de confusão", afirmou.

Lula defendeu que a controvérsia seja resolvida por meios diplomáticos, conforme previsto em um acordo de 1966 entre Venezuela e Reino Unido, então potência colonial da Guiana. "Vale mais a pena uma conversa do que uma guerra", disse o presidente brasileiro.

O Brasil acompanha com preocupação o conflito nas fronteiras e enviou reforços militares para a região. Resta saber se o apelo por pacificação de Lula será ouvido pelos vizinhos e se prevalecerá a disposição ao diálogo.

Saiba mais:


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos