BRB

74 internos do conjunto penal de Itabuna ingressam em universidades públicas pelo Sisu

 


Aumento significativo de aprovados reforça a eficácia da educação carcerária para a ressocialização e redução de criminalidade

O Conjunto Penal de Itabuna, administrado em regime de cogestão, atinge um importante marco na luta contra a reincidência criminal, e comemora um impressionante aumento de 155% no número de internos aprovados em duas universidades públicas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada). 74 internos demonstraram seu comprometimento e dedicação, conquistando vagas no ensino superior e abrindo portas para um futuro promissor.

 

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP) divulgou os resultados, destacando o impacto positivo dos projetos educacionais implementados nas unidades prisionais.

 

A parceria com a empresa Socializa tem sido fundamental, fornecendo logística e suporte pedagógico para as escolas que funcionam no Conjunto Penal.

 

O sucesso educacional do Conjunto Penal de Itabuna o destaca entre os presídios baianos, reforçando o compromisso com a reinserção social por meio da educação.

 

Através do incentivo e ampliação dos projetos educacionais internos, mais oportunidades são criadas para os detentos construírem um futuro mais promissor, digno e produtivo.

 

Atualmente, a unidade conta com dez salas de aula, abrigando duas escolas anexas: Lourival Oliveira, da Rede Municipal, e Adonias Filho, da Rede Estadual. O programa educacional de ressocialização da Socializa engloba 504 participantes das oficinas de leitura, aproximadamente 600 alunos matriculados na escola formal e 12 alunos na UFSB estudando na própria unidade.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos