BRB

Biografia de pioneiro revive transferência da capital do Rio para Brasília

 Obra conta a história das duas cidades, ressalta a importância da ancestralidade negra e leva público a conhecer a superação por meio das experiências de ex-jornaleiro

No dia 14 de março, será lançado no Núcleo Bandeirante o livro “Lió - o pequeno jornaleiro”. A obra conta a história de Leobertino Rodrigues Lima, um ex-jornaleiro, subtenente reformado da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), que chegou na capital ainda em 1967, quando a capital federal dava seus primeiros passos. O livro conta a história de superação de um dos pioneiros da cidade e integrante dos primeiros pelotões da PMD, que também fez parte da banda de música da corporação. A obra literária pode ser adquirida com o autor e também pelas vendas na internet.


O livro é escrito por Leobertino Filho, coronel aposentado (reserva) da PMDF, que nasceu no Rio de Janeiro e chegou em Brasília com apenas seis meses, nos braços do pai, que agora está sendo retratado na obra escrita por ele. “A história do livro é contada a partir de uma pessoa que lutou pela sobrevivência. Contém aspectos importantes sobre a transferência da capital do Rio de Janeiro para Brasília. O leitor também encontra aspectos sobre a cultura do Rio de Janeiro da década de 50 e a organização da PMDF em Brasília. A história da Fundação Darci Vargas, do colégio Pequeno Jornaleiro”, conta o autor.


Em relação à capital fluminense, o livro traz detalhes e informações sobre a cidade já charmosa e movimentada nos anos 50 e 60. Ao mesmo tempo, conta também a vida sobre a perspectiva da população negra, com suas culturas e dificuldades. Um dos objetivos do escritor foi retratar a importância da ancestralidade negra e da escuta ativa das pessoas idosas, com objetivo da manutenção da história, cultura e valores para as gerações futuras.  


“O lançamento é um evento importante por que além de ser um momento de apresentar para os familiares, amigos e sociedade o resultado deste trabalho iremos comemorar os 86 anos de vida completados em 13/03 pelo Biografado”, completa Leobertino Filho. O ex-jornaleiro, que é o biografado da obra, viu nascer e desenvolver a capital que hoje é o terceiro maior município do país. 


A transferência da capital, projeto capitaneado por Juscelino Kubitschek, movimentou o Brasil na época. A motivação foi popular o Planalto Central, desenvolver o interior do país e surpreender o mundo com o projeto arquitetônico e urbano. Muitas famílias, a maioria delas carentes, em busca de oportunidades e emprego vieram para Brasília. O Núcleo Bandeirante, a chamada Cidade Livre, foi uma das localidades que surgiram a partir das obras e do cotidiano da capital.


SERVIÇO

Sarau de Lançamento do Livro “Lió - o pequeno jornaleiro”

Data e Horário: 14/03, quinta-feira, às 9h

Endereço: Casa do Pioneiro, Avenida Central, Área 19, Núcleo Bandeirante, Brasília (DF)


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos