BRB

Parceria na gestão do Centro de Práticas Sustentáveis é renovada

O projeto Oikos – Horta e Cozinha Natural é um dos resultados da parceria entre o Brasília Ambiental e o MCJB | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

Acordo entre Brasília Ambiental e Movimento Comunitário Jardim Botânico (MCJB) será assinado na sexta-feira (1º), com validade de três anos


Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

O Instituto Brasília Ambiental e o Movimento Comunitário Jardim Botânico (MCJB) assinam, nesta sexta-feira (1º), a prorrogação, por mais três anos, da parceria que viabiliza a gestão conjunta do Centro de Práticas Sustentáveis (CPS), localizado no Jardins Mangueiral. Em 2024, a parceria completa três anos, e é considerado um case de sucesso pelos gestores tanto do instituto como do movimento.

O presidente do Brasília Ambiental, Rôney Nemer, destaca que a parceria proporciona o fortalecimento da educação ambiental. "Confio cegamente que a educação é sempre o melhor caminho para o sucesso, e no meio ambiente não tem como ser diferente. A parceria com o MCJB só fortalece nossa estrutura de educação ambiental e agrega para que possamos crescer. Estamos orgulhosos de poder dar continuidade ao excelente trabalho que está sendo feito", afirma Nemer.

A Unidade de Educação Ambiental (Educ) do instituto, responsável pela coordenação da parceria no órgão ambiental, reforça que a renovação vem com uma novidade muito positiva para a comunidade: a maior parte dos cursos e atividades oferecidas no CPS será gratuita.

"A renovação da parceria entre o instituto e a comunidade do Jardim Botânico, representada pelo MCJB, demonstra o comprometimento dos moradores locais com questões ambientais e sociais. O apoio da autarquia para a execução de projetos importantes reflete a abertura e engajamento com nossa comunidade", afirma a presidente do MCJB, Rose Marques.

Ações

Entre as realizações de 2023, frutos da parceria, a Educ destaca os projetos Viveiro de Plantas Medicinais, que distribuiu mais de cinco mil mudas para a comunidade; Oikos – Horta e Cozinha Natural, que contou com a realização de cursos e oficinas educativas, entre eles Como Criar uma Horta Orgânica em Casa; Esporte Sustentável, com atividades como capoeira, balé, muay thai, jiu jitsu, caratê, krav-maga, ginástica rítmica, kung fu, judô, tai chi chuan, yoga, entre outras, mobilizando mais de 300 pessoas dentro do CPS; Ecowork, projeto que tem o objetivo de ser um espaço colaborativo e sustentável no Jardim Botânico, proporcionando um ambiente compartilhado para criar, planejar e organizar projetos, ações e atividades com o foco no desenvolvimento sustentável.

São destacados também projetos como a Ecofeira, feira sustentável na qual são comercializados produtos como itens para o lar, biscoitos e doces, artesanato com foco na sustentabilidade e no empreendedorismo local; e o Ecoponto, ação de coleta e venda de materiais recicláveis.

*Com informações do Brasília Ambiental

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos