BRB

Pesquisa aponta Julvan Lacerda a frente na disputa pela CNM

 


Com rejeição de 52,2%, Paulo Ziulkoski vai enfrentar pela primeira vez uma chapa de oposição, representada por 16 estados, depois de 27 anos à frente da instituição.


O candidato da Chapa “CNM Com Renovação”, Julvan Lacerda, de Minas Gerais (MG), pode representar a quebra de uma hegemonia de quase três décadas da Confederação Nacional de Municípios (CNM). É que o indica pesquisa realizada pelo Instituto Podium divulgada nesta terça-feira, 27, que mostra o candidato da oposição com 44,1% das intenções de voto, contra 32,2% do atual presidente e candidato à reeleição, Paulo Ziulkoski. A diferença entre os dois candidatos é de quase 12%. Outros 21,7% dos prefeitos entrevistados disseram ainda não saber em quem votar e 2% não votam em nenhum dos dois candidatos.

A eleição para a nova diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acontece na próxima sexta-feira, dia 1º de março, por meio de voto virtual. A pesquisa também revelou um alto percentual de rejeição do candidato a reeleição Paulo Ziulkoski. 52,2% dos prefeitos entrevistados responderam que não votariam de forma alguma no atual presidente da entidade, contra 17,4% do candidato da oposição, Julvan Lacerda, uma diferença de 34,8%. Paulo Ziulkoski está há 27 anos à frente da entidade, o que explicaria a alta taxa de rejeição. Outros 21,7% dos prefeitos entrevistados não souberam opinar, 6,7% não rejeita ninguém e 2% rejeita ambos os candidatos.



A pesquisa foi realizada nos dias 23 e 24 de fevereiro com 460 prefeitos brasileiros de diferentes estados, o que representa 10% do universo de prefeitos aptos a votarem nas eleições. A margem de erro é de 4% percentuais para mais ou para menos.



O candidato da Chapa 2 “CNM Com Renovação”, Julvan Lacerda, é bacharel em Direito. Foi prefeito de Moema (MG) e presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), ambos por dois mandatos. É o atual vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), sendo reconhecido como liderança municipalista de destaque na defesa dos 853 municípios mineiros nas esferas estadual e federal, e membro do Conselho Diretor Deliberativo da Santa Casa de Misericórdia Belo Horizonte.

Entre as propostas defendidas pela Chapa está a proibição de mais de uma reeleição consecutiva, maior interlocução com todas as esferas de governo, valorização das entidades estaduais com a realização de ações conjuntas, fortalecimento das áreas técnicas, com coordenações ocupadas por prefeitos, maior valorização do quadro de servidores da CNM, descentralização da diretoria com maior participação dos prefeitos na gestão, a criação do Conselho Deliberativo, ampliando a participação dos prefeitos nas decisões da entidade, criação de Fóruns Permanentes e Fóruns regionais, participação das coordenações técnicas nas missões internacionais e mais transparência nas alterações do estatuto da entidade.

Segundo ele, essas propostas são a síntese de mais de 60 ações que foram levantadas em reuniões com prefeitos de todos os estados, que agora fazem parte do plano de governo da Chapa Renovação. “Tenho conversado com prefeitos de todo Brasil, prestigiando as entidades em eventos e encontros estaduais, e esse projeto nasceu fruto da necessidade de uma CNM mais participativa. Por isso fui convidado para encabeçar essa disputa. Não é um projeto pessoal, mas sim de todos os gestores municipais que hoje também acreditam em uma entidade mais dinâmica”, pontua.

 

Como irá funcionar as eleições

O processo de votação será realizado de forma virtual. No dia 1º de março os prefeitos irão utilizar um código único, que permitirá votar no seu candidato. Os prefeitos (as) que porventura não receberem o código por e-mail é recomendado que atualize seus dados junto à CNM para garantir seu acesso ao processo de votação. Caso necessite de assistência para obter o número ou tenha alguma dúvida, poderão entrar em contato com a entidade pelo telefone (61) 2101-6000 ou pelo e-mail gabinete@cnm.org.br.

Paulo Melo

Sinceramente, não sei lá bem quem sou! Um fogo-fátuo, uma miragem... Sou um reflexo...um canto de paisagem. Ou apenas cenário! Um vaivém. Com sorte: hoje aqui, depois além! Sou a roupagem de um doido que partiu numa romagem e nunca mais voltou! Às vezes acho que sou um verme que um dia quis ser astro... Uma estátua truncada de alabastro... Uma chaga sangrenta do Senhor... Sei lá quem sou! Só sei que estou cumprindo os fados num mundo de maldades e pecados. Sou mais um mau, sou apenas mais um pecador... Mas não sei que sempre precisei de um pouco de atenção. Acho que não sei quem sou, só sei do que não gosto!!! Vivo a minha maneira! Ao invés de procurar respostas, ocupo meu tempo fazendo o que tenho vontade e vivendo a vida com o há de melhor.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos