BRB

Bolsistas apresentam trabalhos no XIV Encontro de Iniciação Científica do HCB

Programa de Iniciação Científica oferece aos bolsistas a chance de participar de pesquisas conduzidas por profissionais do HCB | Fotos: Divulgação/ HCB

Estudantes foram orientados por profissionais da unidade de saúde; nova turma já iniciou atividades nesta terça (12)


Por Agência Brasília* | Edição: Carolina Caraballo

O mês de março está sendo marcante para as atividades de ensino e pesquisa do Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB). A instituição recebeu, nessa terça-feira (12), os estudantes de graduação selecionados para o primeiro semestre de 2024 do Programa de Iniciação Científica (PIC). O projeto se estenderá até 2025, oferecendo aos bolsistas a chance de participar de pesquisas conduzidas por profissionais da unidade de saúde. Na semana passada, o hospital promoveu o XIV Encontro de Iniciação Científica – o evento encerra as atividades dos bolsistas que começaram sua experiência no PIC em 2023. Durante o encontro, dez estudantes apresentaram seus trabalhos.

Processo essencial para o desenvolvimento científico de qualquer área, o PIC é uma oportunidade para os bolsistas terem um primeiro contato com a pesquisa acadêmica e com a metodologia científica, além de contribuir fortemente para inovações tecnológicas, laboratoriais e clínicas que beneficiam a instituição e o público geral.

"Eu tive o privilégio de participar desse programa como bolsista do CNPq na década de 1980 e isso foi um divisor de águas na minha vida. Então, desejo que todos aqueles que estão tendo essa oportunidade passem por uma experiência semelhante, que se encantem com o mundo da investigação científica e que todo esse conhecimento possa repercutir na sua vida profissional", afirmou Valdenize Tiziani, diretora-executiva do HCB e diretora de Ensino e Pesquisa da instituição.

Diretora-executiva do HCB, Valdenize Tiziani participou do PIC da década de 1980: "Foi um divisor de águas na minha vida"

O estudante de biologia Gabriel Copeland foi um dos que apresentaram seus trabalhos. Para ele, vivenciar o ambiente de pesquisa no HCB foi uma experiência muito positiva. "Entrei por curiosidade e acabei gostando bastante do projeto. Foi meu primeiro contato com pesquisa, e pude contar com uma equipe que me ajudou muito – afinal, entrei aqui muito inexperiente. Foi uma experiência incrível", reitera.

Enfermeira de pesquisa e membro da banca avaliadora, Priscilla Gomes já orientou projetos em turmas anteriores e explica os critérios adotados para a escolha dos temas dos seminários: "Avaliamos dois tópicos muito importantes: a justificativa do trabalho, ou seja, o porquê do desenvolvimento desse estudo; e a relevância, isto é, se esse estudo vai trazer algum impacto, direto ou indireto, à assistência aos pacientes".

A pesquisadora observa que o orientador exerce o papel de mostrar os conceitos básicos da condução de uma pesquisa científica, sem deixar de garantir a autonomia do estudante. "Nós damos o caminho para que eles andem com as próprias pernas, mas estamos sempre na retaguarda, para avaliar se aquilo que está sendo executado segue o rigor metodológico estabelecido no plano de trabalho", ressalta.

Os editais para o Programa de Iniciação Científica do HCB são abertos semestralmente, abrangendo uma grande diversidade de áreas e cursos. Mais informações podem ser encontradas no site do hospital, na seção Ensino e Pesquisa.
Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos