BRB

Distritais denunciam descaso do governo em serviços essenciais

Oposição critica GDF por falhas em transporte, educação e saúde - Foto: Carlos Gandra/ Agência CLDF
Oposição critica GDF por falhas em transporte, educação e saúde - Foto: Carlos Gandra/ Agência CLDF

Transporte, educação e saúde: oposição denuncia problemas na gestão do GDF soluções ineficientes marcam atuação do governo distrital


Durante a sessão ordinária da Câmara Legislativa desta quarta-feira (27), deputados de oposição fizeram diversas críticas à atuação do GDF em áreas como transporte, educação e saúde. Para Gabriel Magno (PT), "há descaso em tudo". O parlamentar avaliou especialmente problemas no ensino, ao exaltar iniciativa do Governo Federal, o programa Pé-de-Meia, de incentivo financeiro, destinado a promover a permanência e a conclusão do ensino médio.

Já o deputado Max Maciel (Psol), presidente da Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana da CLDF, abordou a situação do setor, destacando a renovação do contrato com a empresa Marechal, que ganhou mais um prazo para a renovação da frota. "Não tem cabimento, já houve o tempo para a troca dos veículos e, agora, o GDF concorda em dar quase mais três anos para que seja concluída a substituição de 448 veículos. É uma falta de respeito com o usuário", reclamou o distrital.

Sobre a questão, Chico Vigilante (PT) anunciou um debate, a ser realizada em 11 de abril, para discutir o transporte coletivo. "Os ônibus continuam abarrotados e mesmo os cidadãos que não usam essa modalidade continuam bancando o sistema", analisou. Foram convidados, a Secretaria de Transportes do GDF, representantes das cinco empresas que operam no Distrito Federal, usuários e o Sindicato dos Rodoviários.

Já o deputado Fábio Felix (Psol) fez críticas relativas ao desempenho do Palácio do Buriti no combate ao mosquito transmissor da dengue e no tratamento da população acometida pela enfermidade. O parlamentar chamou os equipamentos emergenciais, anunciados pelo GDF para a prestação de atendimento devido à lotação das unidades de saúde, de "tendas da insalubridade". Segundo ele, que visitou alguns desses locais, há entulho nas proximidades e o serviço está sendo prestado pelos mesmos servidores das unidades fixas. Em resumo, declarou: "As tendas são uma vergonha".

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos