Dengue no Distrito Federal: Endereços e Horários das Tendas de Atendimento e Medidas de Prevenção

 

O Distrito Federal lidera o ranking brasileiro de casos de dengue, uma realidade alarmante que mobilizou as autoridades de saúde locais a intensificar os esforços para combater a doença. Atualmente, Brasília dispõe de 11 tendas de atendimento exclusivo para pacientes que apresentam sintomas de dengue ou que já foram acometidos pela doença.

As tendas estão estrategicamente localizadas em diversas regiões para garantir acessibilidade e atendimento eficaz à população. Ao todo, são 11 espaços em operação, onde a população tem acesso a exames e consultas, sendo três com funcionamento 24 horas e os demais com atividade das 7h às 19h. Em cada um deles, há mais de 60 profissionais da saúde para atender uma média de 150 pessoas por dia. As unidades estão espalhadas pelo Guará, Gama, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Ceilândia, Samambaia, Taguatinga, Vicente Pires, Varjão e Areal.

‌As tendas funcionam diariamente, com estrutura semelhante a hospitais de campanha, e estão estrategicamente posicionadas próximo a hospitais regulares, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades básicas de saúde (UBSs) a fim de garantir um atendimento mais rápido aos pacientes sintomáticos da doença e, consequentemente, reduzir a pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).



Funcionamento 24 horas
→ Gama: estacionamento do Hospital Regional (HRG)
→ Guará: em frente à UBS 1
→ Paranoá: estacionamento do Hospital da Região Leste

‌Funcionamento das 7h às 19h
→ Plano Piloto: estacionamento do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
→ Vicente Pires: estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
→ Varjão: atrás da Unidade Básica de Saúde (UBS) 1
→ Taguatinga: estacionamento do ambulatório do Hospital Regional (HRT)
→ Planaltina: na policlínica da região
→ Águas Claras: estacionamento da UBS 1 do Areal
→ Ceilândia: estacionamento do Hospital Regional (HRC)
→ Samambaia: estacionamento da Unidade Básica de Saúde (UBS) 7

Sintomas da Dengue

Os sintomas da dengue incluem febre alta, dor de cabeça severa, dor atrás dos olhos, dores musculares e articulares, mal-estar, vômitos, e manchas vermelhas pelo corpo. É crucial que, ao notar esses sintomas, o indivíduo procure imediatamente uma das tendas de atendimento ou uma unidade de saúde.

Prevenção

Para combater a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, a população pode adotar medidas simples, mas eficazes:

- Eliminar água parada: Vasos de plantas, pneus, garrafas e qualquer recipiente que possa acumular água devem ser mantidos secos ou devidamente tampados.
- Limpeza de calhas: Assegurar que calhas e lajes estejam sempre limpas e sem acúmulo de água.
- Uso de repelente: Aplicar repelente regularmente, especialmente durante o dia, quando o mosquito é mais ativo.
- Telas e mosquiteiros: Utilizar telas em janelas e portas, e dormir com mosquiteiros para proteção adicional.

A luta contra a dengue é uma responsabilidade de todos. A colaboração entre governo e cidadãos é fundamental para reduzir os índices da doença no Distrito Federal. A prevenção e o tratamento adequado são as melhores estratégias para manter a população segura e saudável.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos