Mais de 97% dos participantes apoiam requalificação do Setor Comercial da Quadra 8 em Sobradinho

Para a maioria da população participante, o mais importante a ser realizado na área do projeto é a melhoria das calçadas com pavimentação acessível (85,4%) | Artes: Divulgação/Seduh-DF

Questionário online sobre a proposta da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) contou com 323 respostas


Por Agência Brasília* | Edição: Ígor Silveira

Em consulta pública online, 97,2% dos participantes se mostraram favoráveis à proposta de requalificação do Setor Comercial da Quadra 8 de Sobradinho, elaborada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh). O questionário virtual foi finalizado no dia 27 de abril, contando com 323 respostas dos participantes.

Para a maioria da população participante, o mais importante a ser realizado na área do projeto é a melhoria das calçadas com pavimentação acessível (85,4%). Em seguida, aparecem como prioridade de mudança a instalação de mais postes de iluminação pública (81,4%); a instalação de sistema de segurança (79,6%); a implantação de bancos e lixeiras (75,2%); e a implantação de estrutura cicloviária (67,5%).

Com relação à área específica da Praça Teodoro Freire, parte do projeto em questão, além das demandas por iluminação, melhora das calçadas e arborização, se destaca o pedido de recuperação do parquinho infantil (77,4%) e a implantação de banheiro público (72,4%).

Também a respeito da praça, foram apuradas quais as atividades que os participantes gostariam que fossem ofertadas no local. Dentre as possibilidades, as mais votadas foram: feiras livres (80,8%); pergolados e áreas de permanência (79,9%); eventos culturais (78%) e quiosques (76,8%).

O questionário ainda investigou os principais problemas identificados pela população no local. Liderando as opções estão as calçadas danificadas (86,1%), a ausência de iluminação adequada (77,7%) e os mobiliários urbanos danificados (72,8%). Na sequência, aparecem como problemas a falta de acessibilidade (65,9%) e a ausência de ciclovia (63,2%).

Para a maioria da população participante, o mais importante a ser realizado na área do projeto é a melhoria das calçadas com pavimentação acessível (85,4%) | Artes: Divulgação/Seduh-DF

Como sugestões, opiniões ou críticas livres, foram recebidas 148 respostas. Algumas questões pontuadas foram as solicitações de atenção à acessibilidade, maior arborização e pedidos de ciclovia.

Vale ressaltar que o perfil dos participantes da consulta pública foi em sua maioria feminino, representando 54,5% do total. Com relação à idade, 53,3% têm entre 36 e 60 anos, 35,9% entre 19 e 35 anos e 6,5% acima de 60 anos. Além disso, a maioria dos participantes (90,7%) mora em Sobradinho.

"Ter recebido a contribuição da população nesta consulta é de extrema importância, pois o olhar de quem frequenta o espaço é o melhor diagnóstico que podemos ter para elaborar nossos projetos", afirmou subsecretário de Projetos e Licenciamento de Infraestrutura da Seduh, Vitor Recondo.

Próximos passos

A área técnica da Seduh avaliará as sugestões pertinentes da população e fará as alterações necessárias. Em seguida, o projeto deverá ser aprovado por portaria.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Distrito Federal (Seduh-DF)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos