Inteligência Artificial nas empresas: conheça dicas para explorar o diferencial competitivo no mercado

 



Pesquisa encomendada pelo Microsoft aponta que 90% dos gestores consultados buscam aplicar a IA atualmente   

 

 

Os produtos e serviços que adotam a Inteligência Artificial (IA) ganham espaço nos negócios e a competitividade nos segmentos de tecnologia tem se mostrado um desafio para as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) do Brasil. Publicado neste ano, um estudo encomendado pela Microsoft para a Edelman Comunicação revela que 90% dos gestores consultados buscam aplicar a IA atualmente – proporção que é menor entre as microempresas (70%) e mais alta entre as nativas digitais (98%).

A 4ª edição da pesquisa IA em micro, pequenas e médias empresas: tendências, desafios e oportunidades realizou 300 entrevistas online com autodeclarados líderes de MPMEs em dezembro de 2023. O levantamento confirmou a IA como a tendência dominante em tecnologia no momento.

Diferencial competitivo

Nesse contexto, a IA representa um diferencial competitivo e exige dos negócios o aprofundamento em assuntos como custo-benefício para implementações, investimentos, capacitação de pessoas e cibersegurança, entre outros aspectos.  Iniciativas que ampliam a satisfação dos consumidores incluem a adoção de robôs automatizados em estabelecimentos e a evolução nas ferramentas de atendimento (tipo os chatbots).

Por outro lado, existem os obstáculos ao pleno aproveitamento das inovações no segmento, a exemplo do analfabetismo digital e da resistência à mudança. De modo, os estudos e os eventos para capacitação são um caminho essencial para difundir a transformação digital nas empresas.

“Vejo a aplicação de IA generativa [usada para criar novos conteúdos, como imagens, textos, áudios, vídeos e músicas] no ambiente corporativo como um caminho sem volta. As empresas que saírem na frente no uso responsável e estratégico dessas tecnologias terão uma vantagem competitiva enorme”, avalia Rafael Viana, Chief Product Officer da Agilize, a primeira contabilidade online do Brasil.

Segundo o executivo, a Agilize se destaca no atendimento a empresas de tecnologia, incluindo aquelas com foco em IA, por ser uma empresa nativa digital que coloca a inovação tecnológica no centro da estratégia. “Nós não apenas utilizamos tecnologias de ponta, mas investimos fortemente no desenvolvimento de soluções proprietárias de IA para agregar ainda mais valor aos nossos clientes”, afirma.

“Alguns exemplos concretos são o nosso sistema de atendimento ao cliente com IA, que oferece respostas rápidas e precisas em primeira instância, reduzindo o volume de demandas para a equipe humana e melhorando a experiência do usuário. Temos também o sistema de conciliação automática baseado em IA, que elimina mais de 90% do trabalho manual dos nossos clientes no processo de importação e conciliação dos lançamentos financeiros”, acrescenta Rafael Viana.

O executivo celebra o volume crescente nos atendimentos a negócios voltados à evolução tecnológica. “Atendemos milhares de empresas de tecnologia de diversos portes, que encontram na Agilize um parceiro que realmente entende as suas necessidades e oferece soluções sob medida. Nossa carteira de clientes nesse segmento cresce a taxas aceleradas ano após ano”, diz.

Processos internos

A adoção da IA vai além das interfaces para o atendimento dos usuários finais. De modo mais específico, ela está presente em diversos procedimentos estruturais das empresas para oferecer o melhor resultado. Segundo a pesquisa encomendada pela Microsoft, 94% das empresas consideram que o impacto da IA na produtividade da empresa é positivo. 

Ao todo, estes porcentuais de gestores consideram que essa tecnologia contribui positivamente na empresa para:

- 91% na qualidade do trabalho

- 90% na satisfação do cliente

- 88% na motivação e engajamento dos funcionários

Além disso, os líderes avaliam que um dos impactos da IA foi um incremento médio de 48% na produtividade das companhias.

“Incorporamos a IA nos nossos processos internos para automatizar tarefas repetitivas, permitindo que nossos colaboradores se dediquem a atividades mais estratégicas e que requeiram análise humana. Esses são apenas alguns exemplos de como a IA permeia o nosso negócio de ponta a ponta”, salienta Rafael Viana, Chief Product Officer da Agilize.

O Chief Product Officer ressalta que a empresa apresenta um portfólio de serviços pensados especificamente para atender às necessidades de empresas de tecnologia e dos seus sócios. “Em complemento aos serviços tradicionais de contabilidade, folha de pagamento e gestão financeira, oferecemos consultoria especializada para tópicos relevantes para esse segmento, como enquadramentos tributários específicos para TI, equity compensation [como stock options] e valuation, entre outros.

De acordo com Rafael Viana, o objetivo é ser um one-stop shop (negócio que oferece múltiplos produtos/serviços em um mesmo lugar) para cuidar da parte administrativa de forma eficiente, de maneira que os empreendedores possam se dedicar inteiramente ao core business e às atividades que realmente agregam valor.

Dicas para negócios de tecnologia crescerem

O executivo da Agilize também aborda algumas dicas para que que as empresas do ramo de tecnologia possam se consolidar e crescer em um ambiente de competição intensa e com aplicação de recursos de IA:

  1. Foco no produto e nos clientes

Com a velocidade da inovação tecnológica, é fácil se perder em meio a inúmeras oportunidades e acabar negligenciando o core business. As empresas de maior sucesso são as que entendem profundamente o problema que estão resolvendo e mantêm uma obsessão saudável pela satisfação dos seus usuários.

  1. Investimento contínuo em pessoas e cultura

Em empresas de tecnologia, o capital humano representa o principal ativo. É fundamental atrair e reter os melhores talentos, o que exige não apenas bons pacotes de remuneração e benefícios, mas principalmente uma cultura organizacional atraente, com propósito, desafios estimulantes e oportunidades de desenvolvimento.

  1. Eficiência na gestão financeira e administrativa

Muitas empresas de tecnologia, por terem um modelo de negócio escalável, acabam negligenciando aspectos básicos de controle financeiro, o que pode comprometer a saúde do negócio no longo prazo. Tenha processos bem estruturados de contabilidade, planejamento tributário e gestão de fluxo de caixa, entre outros.

Por fim, o executivo da Agilize pontua que a empresa não enxerga a IA como um modismo, mas como um fator relevante para a capacidade de crescer e atender cada vez melhor nossos clientes. “Estamos comprometidos em estar sempre na vanguarda da aplicação de IA no nosso setor, desenvolvendo soluções proprietárias e inovando continuamente”, reforça.

De acordo com Rafael Viana, a excelência operacional e a qualidade do serviço serão cada vez mais determinadas pela capacidade dos negócios de utilizar a IA generativa de forma inteligente e a Agilize está preparada para ser protagonista nesse cenário.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem