Política

Membro da família Kalil é nomeada sem concurso na prefeitura de BH com salário de mais de R$ 11 mil por mês

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, mantém desde 17 de janeiro de 2017 integrante da família que, hoje, recebe mais de R$ 11 mil por mês. Contratada como comissionada, ou seja, sem a obrigatoriedade de concurso público, Amira Hissa Gomide Oliveira chegou a trabalhar no gabinete do prefeito, mas foi exonerada e posteriormente lotada na Secretaria de Assuntos Institucionais e Comunicação Social




Adicionar legenda



Ela é sobrinha da irmã de Kalil, Gisele Kalil. Conforme o Portal da Transparência da PBH, o salário bruto de Amira Hissa foi de R$ 11.346,43 referente a agosto deste ano. Com os descontos, recebeu R$ 8.112,94 líquido. Seu cargo é de Direção e Assessoramento Municipal – 9, classificado como comissionado de recrutamento amplo.

NO GABINETE DO PREFEITO

Antes de atuar na área da comunicação da PBH, Amira Hissa chegou a ser nomeada no gabinete do prefeito. A edição número 5.214 do Diário Oficial do Município, de 17 de janeiro de 2017, na seção “atos do prefeito” comprova a informação. De acordo com o decreto, -Amira Hissa Gomide Oliveira, foi nomeada Gerente de 1º Nível - A, na Gerência de Relacionamento, “em conformidade com o Decreto nº 14.284/11, a partir da data de publicação”.

Já no dia 1º de setembro de 2017, na edição número 5366 do Diário, ela foi exonerada do gabinete de Kalil e recontratada para a Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais e Comunicação Social, na função de chefe da gerência de fotografia.

Postar um comentário

0 Comentários