Política

Presidente da Hebraica, Daniel Leon Bialski, recebe medalha e diploma de gratidão de São Paulo

A homenagem da Câmara Municipal é o maior prêmio de São Paulo e reconhece os trabalhos prestados por Bialski para a comunidade paulistana

O presidente do Clube A Hebraica, o advogado Daniel Leon Bialski recebeu a Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo em sessão solene na Câmara Municipal. A homenagem reconhece os trabalhos prestados por Bialski para a comunidade paulistana e foi proposta pelo vereador Daniel Annenberg (PSDB).

“Meu pai sempre me dizia: Faça o que seu coração manda! E assim eu tenho feito em minha vida pessoal e profissional. A felicidade é a habilidade de olhar para trás e ver que valeu a pena!”, agradeceu Bialski. O advogado foi com a família receber a homenagem.

Prêmio recebido por Bialski é a maior homenagem de São Paulo

A medalha Anchieta é a maior honraria da cidade de São Paulo. O prêmio (sempre acompanhado do Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo) é concedido a personalidades e a instituições que, por meio de suas trajetórias, conquistaram a admiração e o respeito do povo paulistano.

Leon Bialski

Estiveram presentes na solenidade o secretário adjunto de Governo, Renato Parreira Stetner, o presidente do Conselho da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e presidente do Instituto Coalizão Saúde, Claudio Lottenberg, e Avi Gelberg, ex-presidente do Clube A Hebraica-SP.

Bialski é mestre em Processo Penal pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e da Comunidade de Juristas de Língua Portuguesa, foi vice-presidente da Comissão de Prerrogativas da Seccional Paulista da OAB entre os anos 2008/2009. A trajetória de Daniel Bialski é marcada pela atuação comunitária. Seu primeiro trabalho voluntário começou na sinagoga Beth-El, cujo comprometimento lhe rendera a posição de presidente entre os anos 2013-2017.

Atualmente é presidente do clube A Hebraica-SP e conselheiro do CIAM. Foi, ainda, tesoureiro da sinagoga Beith Chabad Central, diretor do Museu Judaico de São Paulo, e membro do Conselho de Ética e conselheiro do Sport Club Corinthians Paulista.

Postar um comentário

0 Comentários