Revista BOA VONTADE alerta: mais da metade dos brasileiros vivem sem alimentos suficientes

 

Para ler a ler a revista clique na foto

A edição nº 263 da revista BOA VONTADE chega ao público neste mês de setembro, com importantes alertas à sociedade. Primeiro, o grave cenário instaurado no Brasil, em que mais de 116,8 milhões de pessoas passaram de alguma forma pela insegurança alimentar no fim do ano passado, segundo levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan). Desses, 43,3 milhões em falta moderada e 19 milhões estariam em nível mais crítico, passando fome.

Na matéria de capa, constam ainda outros dados atrelados a esse problema e como a Legião da Boa Vontade tem contribuído para combatê-lo: em todas as regiões do país, desde o início da pandemia, a Instituição já distribuiu mais de 7 milhões de quilos em doações. Na reportagem, comoventes histórias de atendidos e fotos que impactam e demonstram a importância de, cada vez mais, as pessoas se juntarem nessa corrente de Solidariedade, para colocar comida no prato de quem mais precisa.

Outro conteúdo que merece igual atenção está na seção “Biosfera”, na qual há o registro dos principais avisos do novo relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), ligado à Organização das Nações Unidas (ONU). De acordo com o documento, as consequências das mudanças climáticas podem ser irreversíveis, como a iminente crise hídrica no Brasil — da qual o pesquisador Pedro Luiz Cortês, professor da Universidade de São Paulo (USP), trata em entrevista exclusiva.

Considerando a necessidade de esclarecer sobre esse tema, o jornalista, radialista e escritor José de Paiva Netto, diretor-presidente da LBV, traz nessa nova edição o artigo “Água e escassez”. Nele, o autor aponta: “Além dos investimentos governamentais, é preciso que haja, por parte dos povos, uma conscientização maior sobre o uso dos recursos hídricos. Água é Vida, sem ela torna-se impossível qualquer tipo de existência. Poluí-la é crime de lesa-humanidade”.

Por falar em vida, pela qual sempre vale a pena lutar, outro conteúdo que merece destaque é a entrevista com o psiquiatra Neury José Botega, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e um dos maiores especialistas em comportamento suicida, que alerta para a prevenção desse mal que cresce entre os mais jovens. Como há décadas brada a LBV, “Viver é melhor!”.

Confira ainda a repercussão do 26º Fórum Internacional de Assistência Social da LBV, que ocorreu, em formato on-line, nos dias 30 e 31 de agosto. Com quase quatro mil inscritos de 14 países, o evento debateu o tema “Desigualdade social e pobreza: impactos psicossociais da pandemia”. Por fim, na seção “Espírito e Ciência”, a psicóloga Sandra Maciel conta como a pesquisa no Brasil estuda memórias de vidas passadas e ressalta a relevância de se debruçar sobre o assunto para a melhora da prática clínica.

Trabalho jornalístico feito com seriedade e ética, com os temas mais relevantes da atualidade tratados à luz da Espiritualidade Ecumênica e mensagens de força e esperança. Tudo isso e muito mais é o que você encontrará neste link: www.revistaboavontade.com.br.

Postar um comentário

0 Comentários