Ceilândia faz 51 anos com muitas obras e R$120 milhões de investimentos pelo governo Ibaneis

Uma UPA, uma UBS e uma Casa da Mulher Brasileira foram algumas das recentes entregas do GDF para os cerca de 500 mil moradores da cidade



Maior cidade do Distrito Federal, Ceilândia completa 51 anos neste domingo (27). Uma programação variada já está acontecendo para celebrar o aniversário, após dois anos de pandemia e nada de homenagens. Os moradores também comemoram outros feitos: a cidade vem ganhando cada vez mais equipamentos públicos e melhorias do governo. Já são quase R$ 120 milhões investidos nas principais obras da região administrativa (RA).


Duas unidades de saúde e uma Casa da Mulher Brasileira foram algumas das recentes benfeitorias para os cerca de 500 mil moradores da cidade, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Unidade Básica de Saúde 15 (UBS 15) foi erguida no Setor ‘R’ e atende também à população do Sol Nascente/Pôr do Sol. Já a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Expansão do Setor ‘O’, nasceu moderna e com capacidade para receber até 4,5 mil pacientes por mês.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Expansão do Setor ‘O’, nasceu moderna e com capacidade para receber até 4,5 mil pacientes por mês| Fotos: Paulo H. Carvalho

“Para quem não tinha nada, agora temos a 24ª delegacia de um lado, a UPA do outro, mais um quartel da PM. Tudo bem próximo” - Jackson de Souza, um dos prefeitos comunitários da Expansão

A reivindicação é antiga, segundo conta um dos prefeitos comunitários da Expansão, Jackson de Souza, 50. “É uma felicidade muito grande, pois nossos moradores não precisam mais procurar o HRC. Nem todos ônibus passam pelo hospital regional e lá é muito cheio”, revela. “A UPA é mais vazia e está dando conta do recado”, avisa o comerciante. O posto para atendimentos de emergência é o segundo da RA e teve um investimento de R$ 6,6 milhões.

Para Jackson, o equipamento público significa mais valorização para o bairro. “Para quem não tinha nada, agora temos a 24ª delegacia de um lado, a UPA do outro, mais um quartel da PM. Tudo bem próximo”, explica. “Ceilândia, como um todo, teve avanços muito grandes nos últimos anos”, complementa.
A tradicional Avenida Hélio Prates – que liga a RA a Taguatinga – também passa por uma reforma completa, com direito à ampliação e remodelação de calçadas e estacionamentos, pavimentação, ciclovias e paisagismo

A aposentada Meire Belo, 73 – a mais antiga moradora da QNQ (Ceilândia Norte) – é taxativa: ‘a cidade está bem cuidada’. Meire chegou a morar na antiga invasão do Iapi, que deu origem à Ceilândia no início dos anos 70. “Sou bem exigente, mas reconheço que a Administração tem trabalhado duro”, diz. “Aqui tem poda de árvores a toda hora, serviço de tapa-buracos, a CEB trocou todas as lâmpadas queimadas da QNQ. Somos a maior cidade-satélite do DF e ela hoje está bem amparada”, elogia a senhora.
“Nessa parceria (com o RENOVADF), conseguimos reformar mais de ⅓ dos parquinhos, quadras esportivas e Pontos de Encontro Comunitários. Isso representa mais de 40 espaços públicos revitalizados, levando mais lazer e atividades para a nossa população” - Fernando Fernandes, administrador regional de Ceilândia

A tradicional Avenida Hélio Prates – que liga a RA a Taguatinga – também passa por uma reforma completa, com direito à ampliação e remodelação de calçadas e estacionamentos, pavimentação, ciclovias e paisagismo. Ali é onde pulsa o comércio ceilandense e a primeira das quatro etapas da obra está em execução pelo governo, com um custo de R$ 14,3 milhões.

Mas não só as grandes intervenções. Os espaços de lazer e esporte da RA também vêm sendo recuperados em ritmo acelerado, num trabalho conjunto com o projeto RENOVADF, da Secretaria de Trabalho, que oferece qualificação profissional e renova áreas públicas.

“Nessa parceria, conseguimos reformar mais de ⅓ dos parquinhos, quadras esportivas e Pontos de Encontro Comunitários (PECs)”, informa o administrador Fernando Fernandes. “Isso representa mais de 40 espaços públicos revitalizados, levando mais lazer e atividades para a nossa população”. Fernandes cita ainda o Setor de Indústria e Materiais de Construção que está sendo requalificado com obras de mobilidade, calçadas e infraestrutura.

Programação cultural e corrida


Leia também



GDF Presente deixa quadras de Ceilândia mais limpas para evitar doenças




Edição especial da Cidade da Segurança Pública chega a Ceilândia




Rodoviária do Setor O terá acesso público e gratuito à internet


A comemoração do 51o aniversário já começou com uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, na Praça do Trabalhador, na última sexta-feira (25). Já o Centro de Cultura está oferecendo cursos de gestão e produção gratuitos. E, hoje, a partir das 19h, artistas locais se revezam com shows na Praça da Bíblia. Para os esportistas, segundo a Administração Regional, está prevista ainda uma corrida com os percursos de 5km e 10 km pelas ruas da cidade.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem