Henrique Meirelles “vai” dizer a Caiado e Daniel que será candidato a senador. Na terça

Duas fontes ligadas ao ex-ministro sustentam que ele nunca desistiu da disputa. Boatos de desistência estariam sendo plantados por mendanhistas


O engenheiro Henrique Meirelles, goiano de Anápolis, vai deixar a Secretaria da Fazenda e do Planejamento do governo de São Paulo nos próximos dias. Já anunciou que não fará parte da equipe do governador que assume no dia 2 de abril, Rodrigo Garcia.

Ao contrário dos supostos boatos, que dão conta que Meirelles não será candidato a senador por Goiás, duas fontes, ambas ligadas ao ex-ministro da Fazenda, afirma que ele virá a Goiás na terça-feira, 22, para assumir sua candidatura a senador. Pelo PSD de Vilmar Rocha e Francisco Júnior.

Na terça, segundo as fontes, Meirelles vai conversar com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, do União Brasil, e com o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela —que irá a vice na chapa governista —, e dirá que é “candidatíssimo” a senador.

A rigor, de acordo com as fontes, Meirelles nunca desistiu da disputa. Os boatos de que estaria desistindo são atribuídos a aliados do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, e a um pré-candidato a senador. “Ora, se Meirelles está preocupado com gastos de campanha, com sua legalidade, fica evidente que será candidato, e não o contrário. Ele é diferente de alguns políticos, porque tudo que faz é planejado, não tem amadorismo nem flerte com a ilegalidade”, afirma uma das fontes.

A candidatura de Meirelles, se efetivada, vai fortalecer as chapas de candidatos a deputado federal e estadual do PSD.

Fonte: Jornal Opção.
Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem