Presidente do Sistema Fecomércio-DF apresenta produtos e serviços à nova diretoria do Sindauto

A futura diretoria do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Veículos Automotores do Distrito Federal (Sindauto) se reuniu na sede da Fecomércio-DF, na manhã desta terça-feira (15), para tratar da sua pauta de atividades para os próximos quatro anos

Foto: Sinval Souza.

Além do presidente reeleito, Joaquim Loiola, estiveram presentes diretores do sindicato. A posse da nova diretoria está marcada para o dia 20 de abril.

No encontro, o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire, e os diretores regionais do Sesc e do Senac, Valcides de Araújo Silva e Karine Câmara, falaram sobre os serviços e produtos que estão disponíveis a todos os empresários e comerciários do setor.

Além do suporte da Federação às demandas do sindicato junto ao GDF e à Câmara Legislativa, Aparecido ofereceu toda a infraestrutura da entidade para que o sindicato possa promover reuniões e encontros com representantes. “Aqui é a casa de vocês”, frisou o presidente da Fecomércio.

O diretor Valcides lembrou dos benefícios ofertados aos associados por meio da carteirinha do Sesc, como acesso a serviços médicos, odontológicos, esportivos e de lazer em várias cidades do Distrito Federal. “Estamos à disposição para atender toda a base do Sindauto. É muito importante também que os diretores conheçam todas as nossas unidades e saibam o que temos a oferecer”, destacou Valcides.

A diretora regional Karine Câmara se colocou à disposição para, juntamente com a diretoria do sindicato, dar sequência ao processo de formulação de cursos específicos e profissionalização na área. O presidente do Sindauto adiantou que, em breve, ele e sua equipe irão ao Rio Grande do Sul, estado referência na formação de condutores, buscar novas tecnologias e avanços para seu segmento.

Loiola também destacou o bom desempenho da atual gestão da Fecomércio-DF, que abriu portas e avançou na formulação de políticas benéficas para os empresários. Durante o momento mais crítico da pandemia, o sindicato, em parceria com a Fecomércio, conquistou isenção de impostos que amortizaram os prejuízos provocados pelas restrições impostas ao setor de comércio, bens e serviços. “Daremos sequência a modelo de trabalho em parceria”, afirmou o presidente reeleito.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem