BRB

Copa do Mundo e Natal aquecem vendas no comércio

Chocolateria artesanal sente reflexos positivos, amplia equipes de trabalho, traz produtos exclusivos para o período e estima crescer 30% a mais neste fim de ano A Copa do Mundo do Qatar já começou e motiva ações positivas em todo varejo. E a menos de dois meses para o Natal, o comércio já decorou vitrines, expôs produtos temáticos e está contratando funcionários temporários para suprir as demandas de fim de ano que envolvem as duas das e a black friday também. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas relacionadas diretamente ao torneio de futebol devem alcançar R$ 1,48 bilhão; 7,9% acima do volume registrado na competição de 2018, realizada na Rússia. Chocolate verde e amarelo De olho nessa ocasião, a D’Fuhrmann - fábrica de chocolates artesanais de Curitiba – lançou novos formatos, produtos exclusivos e doces coloridos que incluem chuteira amarela, pinguim torcedor, bolinhas de futebol, pirulito com a bandeira do Brasil e a mini camisa da seleção canarinho. As guloseimas custam a partir de R$ 6 cada. “Sentimos que o público permanece ansioso pelos reencontros e a Copa do Mundo vem como um estímulo a mais para esses momentos de confraternização. Entendemos que a competição vai reunir apaixonados por futebol de todas as idades e que as guloseimas temáticas já entraram na pauta da organização, especialmente no segmento corporativo”, destaca a chocolatiér Selma Maria Fuhrmann Dembinski. Contratações natalinas De acordo com o último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Paraná chegou à marca de 106.875 contratações até agora, o quarto melhor desempenho do Brasil. A previsão é ampliar o número para o Natal, que é a melhor data para o comércio. A maioria das vagas temporárias será para vendedores, atendentes, operadores de caixa e repositores de mercadorias. A expectativa é que 20% dos trabalhadores com melhor desempenho sejam efetivados posteriormente. Nos últimos dois meses a D’Fuhrmann abriu quatro postos de trabalho. “Se continuarmos nesse ritmo positivo – especialmente pelas demandas do corporativo - devemos abrir mais quatro vagas [uma para embaladora, uma para auxiliar de produção e duas para vendedoras]. E todas elas podem passar de temporárias para fixas. Sempre deixamos essa possibilidade em aberto”, destaca Selma. Com a Copa do Mundo de Futebol e o Natal, a empresária estima crescimento nas vendas de 30% em relação a 2019 – período que antecede a pandemia. “A retomada dos eventos tem impulsionado muito o nosso trabalho, tanto que a linha que serve como base de doces para festas já voltou a ter reposição semanal”, enfatiza. Doce Natal colorido Para o Natal, a fábrica artesanal da capital paranaense aposta em novidades como a Casa do Papai Noel – em edição limitada – toda feita de chocolate (580g) acompanhada de bombons de cereja, caramelo fill, damasco e dois bonecos comestíveis do Bom Velhinho. Já o Presépio com a Sagrada Família e manjedoura (520g) – também em edição limitada – é recheado com bombons nos sabores cereja, damasco, caramelo fill, champagne, nutella, mesclado, ao leite, meio amargo, branco e banofee. O produto que pode vir a substituir o presépio tradicional em muitos lares é uma das apostas da empresa para quem deseja um presente para surpreender. Além disso, os produtos já consagrados - como o Pão de Mel feito com ‘receita secreta alemã’ de quatro gerações - têm lugar garantido na preferência dos consumidores. A iguaria é oferecida nos sabores tradicional, com frutas secas ou doce de leite e está entre os itens mais vendidos há mais de 20 anos. Outra tentação aos olhos e aos paladares são as Kracherlade; deliciosas bolachinhas alemãs de leite e mel banhadas no chocolate artesanal. Sem açúcar, sem glúten e sem lactose Além das barras com mensagens individuais, trufas, alfajores e cestas de presentes variadas, a linha de chocolates sem açúcar, sem glúten e sem lactose também agrada àqueles com restrições alimentares ou quem deseja cuidar da saúde sem deixar de apreciar um alimento fino e elaborado com altos percentuais do mais puro cacau brasileiro.
“Com todos esses atrativos, devemos ter um Natal com mais trabalho, mais vendas e mais pessoas se confraternizando. Os abraços e os sorrisos voltaram, assim como a alegria em presentear quem a gente ama, mesmo que seja com uma pequena, mas doce lembrança”, completa Selma Maria Fuhrmann Dembiski. Sobre A D’Fuhrmann Chocolates é uma empresa curitibana com suas origens na tradição alemã. Está no mercado há mais de 20 anos e oferece ampla variedade de chocolates finos artesanais, com elevada qualidade e sabor único (pouco doce). O comando dos negócios é feito pela fundadora e chocolatier, Selma Maria Fuhrmann Dembiski. Sua filha, a arquiteta Ana Cecília Dembiski Erbano, cuida da área administrativa. O amor e o interesse pelo fabuloso mundo do chocolate transformaram Selma em uma especialista no assunto, que sempre participa de feiras e cursos no Brasil e Europa. Já Ana Cecília - que desde pequena interage com a produção e setor de embalagens - complementa a empresa familiar noutra área do negócio. Além do site www.dfuhrmannchocolates.com.br que permite compras via WhatsApp, a D’Fuhrmann Chocolates tem duas unidades físicas em Curitiba. A matriz e a fábrica ficam no Eixo Rodoviária-Aeroporto, no Uberaba, e a filial atende os turistas e a região no Mercado Municipal de Curitiba.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos