Ônibus Lilás percorre bairros de Fortaleza e RMF alertando para violência contra a mulher

Mulheres de 11 comunidades da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), participam, a partir da próxima segunda-feira (7) até 1º de dezembro, da ação Mulheres nos Bairros. Promovida pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), a ação ofertará serviços socioassistenciais, por meio do Ônibus Lilás, na Capital e nos municípios de Caucaia, Maranguape e Maracanaú

Foto: Pedro Santos.

As mulheres participarão de rodas de conversa e receberão informações e instruções sobre garantia de direitos e sobre a Lei Maria da Penha. A Lei nº 11.340/2006 busca coibir atos de violência e estabelece punição adequada para quaisquer tipos de agressões contra as mulheres, no convívio doméstico, no âmbito familiar ou em relações íntimas de afeto.

A ação oferece também atendimento psicológico individualizado e humanizado e, caso necessário, encaminhamento à Rede de Atendimentos às Mulheres. As ações são organizadas pela Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres.

“Acesso a informação é algo crucial no enfrentamento à violência contra as mulheres. Nessas conversas, nossas equipes conseguem indicar violências que, muitas vezes, já foram naturalizadas no cotidiano. É preciso divulgarmos os direitos e a rede de acolhimento para mulheres em situação de violência”, aponta a titular da SPS, Onélia Santana.

A rede é formada por equipamentos da assistência social, como CRAS, CAPs e CREAS, além de organismos especializados de políticas para as mulheres como a Casa da Mulher Brasileira e as Casas da Mulher Cearense. A rede trabalha de forma integrada, reunindo diversas entidades públicas e privadas e do Sistema de Justiça, para viabilizar os direitos das mulheres no menor tempo possível.

Em Fortaleza, os atendimentos começam pelo Centro de Referência da Mulher (CRM), e as mulheres do Interior, pelo Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Ceram). Elas são acompanhadas pela Delegacia de Defesa da Mulher, Ministério Público e Juizados da Mulher.

Serviço:
7 de novembro

9h - Associação União dos Moradores de Luta do Álvaro Weyne

Rua Silvio Romero com rua Dr Hugo Rocha




13h - Associação dos Moradores do Bairro Ellery e Monte Castelo

Rua Almeida Filho, 326, Bairro Ellery




8 de novembro

9h - Associação É tempo de vencer

Rua Guanabara, 515, casa 30, Bairro Pan Americano




9 de novembro

9h - Associação Unificada Dos Moradores do Residencial Luiz Gonzaga

Salão Social (próximo à quadra de esportes) - Av. Luar do Sertão, bloco 11, apto 02, Condomínio Humberto Teixeira




10 de novembro

9h - Sociedade Comunitária da Habitação Popular – Pescadores da Costa Oeste

Rua Santa Elisa, 1665, Praia do Arpoador (Vila do Mar), Bairro Cristo Redentor




16 de novembro

9h - Coletivo Espaço Aberto – Comunidade Em Movimento

Rua 29, 32 A, Bairro Novo Oriente - Maracanaú




21 de novembro

9h - Associação dos Moradores do Bairro Dias Macedo

Rua Torres de Melo, 267, Bairro Dias Macedo




22 de novembro

9h - Associação Comunitária Beneficente do Arianópolis

Rua Padre José Maria Moura (Jurema), s/n – Campo do Poeirão - Caucaia




23 de novembro

9h - Pracinha da Comunidade da Barra do Ceará

Rua Belém de Figueiredo, 382, Barra do Ceará




28 de novembro

9h - Unidade de Saúde Manoel Guedes

Comunidade do Rato de Baixo - Maranguape




1º de dezembro

9h - Associação dos Artesãos de Maracanaú

Praça David Lopes de Oliveira – Av. Contorno Norte (Em frente ao Shopping Feira Center) - Maracanaú

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos