Black Friday renovou estoques para o Natal e teve participação de 78,86% dos lojistas do DF

Instituto Fecomércio-DF confirma alta adesão de lojistas e vendas melhores que 2021 para 36,73% dos participantes da data



Pesquisa do Instituto Fecomércio-DF confirmou a participação da maioria dos lojistas na última edição da Black Friday. Segundo levantamento, 78,86% dos entrevistados aderiram ao período de promoções realizado em novembro. Desses, 36,73% disseram que as vendas foram melhores que 2021. Do total, 83,9% confirmaram a renovação dos estoques para o Natal. A pesquisa ouviu 502 lojistas entre os dias 29 de novembro e 19 de dezembro.

“Acreditamos que muitos consumidores aproveitaram esse período para antecipar as compras de Natal. Na nossa avaliação, a Black Friday atingiu seu objetivo, que foi vender os estoques antigos e permitir que os comerciantes se planejassem para as vendas de fim de ano”, avalia o presidente do Sistema Fecomércio-DF, José Aparecido Freire.

Ainda segundo o levantamento, o índice de empresários que registrou piores vendas em relação ao ano retrasado caiu de 20,41%, em 2021, para 11,53%, em 2022. Dessa forma, o indicador de alteração nas vendas na última edição, que é a diferença entre melhor e pior, ficou em + 25,20%. Isso mostra que o saldo de vendas melhores foi superior em 25,20% com relação as vendas menores.

No ranking de seis itens mais vendidos, os filtros de água foram os vencedores, com 27,14%. Em seguida vieram cama (18,57%), utilidades domésticas (18,57%), alimentos (15,71%), blusas e camisetas (10%) e celulares (10%).

O faturamento médio registrado por empresa foi de R$ 40,5 mil. Os cinco segmentos com melhor desempenho foram eletrodomésticos (R$ 152 mil), móveis (R$ 118 mil), artigos para presente e lojas de utilidades (R$ 75 mil), supermercado e mercearia (R$ 46 mil) e brinquedos (R$ 44 mil).

As vendas mais registradas foram por meio físico (97,68%). Apenas 2,32% venderam mais pelas plataformas online (internet).

Com relação à importância que os lojistas dão à Black Friday, 44,51% consideraram como média importância, e 32,93% avaliaram como alta importância. Baixa importância foi o menor percentual, com 22,56%.

Entre as formas de pagamento, o cartão de crédito foi a mais utilizada, com 90,72%. Em seguida vieram cartão de débito (5,15%), transferência via Pix (3,61%) e dinheiro (0,52%).

No quesito estratégia de vendas, 88,37% dos lojistas confirmaram a prática, sendo 35,26% com promoções, 22,11% com diversidade de produtos, 19% com divulgação nas redes sociais, 10,43% com descontos à vista, 5,33%% com divulgação em rádio e TV, 4,99% com parcelamento a longo e médio prazo, e 2,49% no atendimento estendido na loja.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos