Quadro de Ibaneis Rocha é fixado na Galeria Israel Pinheiro

Ao lado de familiares, governador descerrou a placa com sua fotografia no espaço dedicado aos chefes do Executivo no Palácio do Buriti


Reeleito para um segundo mandato à frente do Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha agora faz parte da Galeria Israel Pinheiro, espaço dedicado a eternizar os chefes do Executivo da capital no térreo do Palácio do Buriti. Na manhã deste domingo (1º), Ibaneis e sua família compareceram à galeria para descerrar a placa com a fotografia do governador.Na Galeria Israel Pinheiro, o governador Ibaneis Rocha acompanhado da primeira-dama, Mayara, dos filhos Mateus (a seu lado, descerrando o quadro) e Caio e da mãe, Maria Mercedes | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

A cada quatro anos, a foto do último governador a cumprir mandato é fixada na galeria. Neste caso, Ibaneis cumpriu o rito da gestão 2019-2022. Em cerimônia simples e familiar, o chefe do Executivo esteve acompanhado da esposa e primeira-dama Mayara Noronha Rocha, da mãe, Maria Mercedes, e dos filhos Caio e Mateus.
No quadro, destaque como o primeiro governador nascido em Brasília

Pelo Palácio do Buriti, já passaram governadores de quatro regiões do país e de oito estados brasileiros. A cidade teve que esperar 58 anos para ver o primeiro brasiliense de nascimento ser eleito governador do Distrito Federal.

Esse brasiliense nato é Ibaneis Rocha Barros Junior. Ele chegou ao “quadradinho” em 10 de julho de 1971. Como acontece com a maioria dos bebês genuinamente brasilienses, Ibaneis também nasceu em um hospital da rede pública de saúde do DF – no caso, o Hospital de Base.

De Israel Pinheiro, natural de Caeté (MG), ao carioca Rodrigo Rollemberg, antecessor de Ibaneis Rocha, todos os chefes do Executivo pegaram as malas em algum momento da vida e se mudaram para o DF.

A lista de ex-prefeitos e governadores da capital vai do Sul ao Nordeste e só não tem representantes da região Norte. Oito deles nasceram em Minas Gerais, seis no Rio de Janeiro, cinco em Goiás, três no Rio Grande do Sul, dois em São Paulo, um no Maranhão, um em Pernambuco e um na Bahia.

Confira abaixo a origem dos prefeitos e governadores do DF

→ Israel Pinheiro da Silva – Caeté (MG)

→ Segismundo de Araújo Mello – Luziânia (GO)

→ Bayard Lucas de Lima – Bagé (RS)

→ Paulo de Tarso Santos – Araxá (MG)

→ Angelo Dário Rizzi – Pedreira (SP)

→ José Sette Câmara Filho – Alfenas (MG)

→ Ivo de Magalhães – Rio de Janeiro (RJ)

→ Ivan de Sousa Mendes – Cordeiro (RJ)

→ Plínio Reis de Cantanhede Almeida – Rio de Janeiro (RJ)

→ Wadjô da Costa Gomide – Catalão (GO)

→ Hélio Prates da Silveira- São Gabriel (RS)

→ Elmo Serejo Farias – São Luís (MA)

→ Aimé Alcebíades Silveira Lamaison – Passo Fundo (RS)

→ José Ornellas de Souza Filho – Rio de Janeiro (RJ)

→ Ronaldo Costa Couto – Luz (MG)

→ José Aparecido de Oliveira – Conceição do Mato Dentro (MG)

→ Wanderley Vallim – Ituverava (SP)

→ Cristovam Buarque – Recife (PE)

→ Benedito Domingos – São Sebastião do Paraíso (MG)

→ Joaquim Domingos Roriz – Luziânia (GO)

→ Maria de Lourdes Abadia – Bela Vista (GO)

→ José Roberto Arruda – Itajubá (MG)

→ Paulo Octávio – Lavras (MG)

→ Wilson Lima – Ceres (GO)

→ Rogério Rosso – Rio de Janeiro (RJ)

→ Agnelo Queiroz – Itapetinga (BA)

→ Rodrigo Rollemberg – Rio de Janeiro (RJ)

→ Ibaneis Rocha – Brasília (DF).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos