BRB

Mulheres tomam as rédeas da política no Partido NOVO no entorno de Brasília



Em um movimento inovador em Luziânia, mulheres assumem a liderança do Partido NOVO, exemplificando a crescente influência feminina na política partidária. O projeto "Mulheres em Ação" foca em questões cruciais como educação e saúde, simbolizando uma nova era de representatividade e mudanças positivas na região



A crescente influência feminina na política partidária, especialmente em Goiás, é um fenômeno notável. Em Luziânia, este avanço é exemplificado pela recente assunção feminina da liderança do diretório local do Partido NOVO. Na cidade, todo o diretório é composto por mulheres.  Este movimento, denominado "Mulheres em Ação", destaca-se como um marco na política regional.


 É de conhecimento popular que os partidos políticos enfrentam desafios significativos para cumprir as cotas de gênero, frequentemente revelados pelo fenômeno das candidatas laranjas que têm sido um problema recorrente. Essas práticas não apenas prejudicam a representatividade genuína, mas também acarretam complicações legais e éticas. Por este motivo, o NOVO em Goiás comemora a conquista inédita na região.


Adriano Sarmento, presidente estadual do Partido NOVO em Goiás, tem demonstrado uma abordagem proativa diante desses desafios. Durante visitas a diversos municípios do Entorno de Brasília, Sarmento identificou uma necessidade de mudança, impulsionando a inclusão feminina na política como uma forma de desenvolvimento regional. Esta iniciativa reflete um compromisso com a meritocracia e a igualdade de oportunidades.

Além disso, o projeto "Mulheres em Ação" visa abordar questões críticas que afetam diretamente as mulheres, como a necessidade de creches em tempo integral e a melhoria do atendimento em saúde básica. Estas demandas, frequentemente negligenciadas, são de extrema importância para as mães que buscam equilibrar trabalho, educação e cuidados familiares.

Este movimento ressalta a necessidade urgente de políticas públicas mais eficazes e inclusivas, com uma ênfase particular no papel das mulheres na liderança e na tomada de decisões. Ao colocar as mulheres na vanguarda da política partidária, espera-se que as questões de educação e saúde, tão cruciais para o bem-estar das famílias, sejam melhor atendidas, refletindo um avanço significativo na política regional e nacional.

O Diretório de Luziânia é formado por: Márcia Maria de Castro, como presidente; Leudiane Pereira de Abreu, vice-presidente; Adriana  Favorito  Rincon Tusset, como Secretária Administrativa; Natalia de Oliveira Simiquel, Secretária de Relações Institucionais e Legais; Luciana Severino da Sailva, como Secretária de Finanças.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Bio Caldo - Quit Alimentos