FAB, PF e PRF combatem garimpo ilegal em território Yanomami


Ação incluiu queima de acampamento e de motores, e foi coordenada pela Casa de Governo entre 18 e 19 de abril, no âmbito da Operação Catrimani II


Por Agência Gov | Via FAB

Operação resultou na destruição de dez motores, um acampamento e um gerador utilizados no garimpo ilegal

Fotos: Divulgação/FAB


Uma ação coordenada pela Casa de Governo em Roraima e integrada pelas Forças Armadas, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Força Nacional e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM) resultou na destruição de dez motores, um acampamento e um gerador utilizados no garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami (TIY). A missão, denominada COALA, foi realizada nos dias 18 e 19 de abril, no âmbito da Operação Catrimani II, e contou com a atuação da aeronave H-60 Black Hawk, do Quinto Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (5º/8º GAV - Esquadrão Pantera), da Força Aérea Brasileira (FAB).

Fotos: Divulgação/FAB


No total, 25 militares, agentes e representantes de órgãos e agências que atuam em parceria com o Comando Operacional Conjunto Catrimani II participaram da ação. Além disso, uma aeronave da PRF foi empregada na missão.

Fotos: Divulgação/FAB


"A missão COALA dá continuidade às ações coercitivas de repressão aos ilícitos transfronteiriços, ao garimpo ilegal e aos crimes ambientais na TI Yanomami, bem como demonstra que a integração entre as Forças Armadas, os órgãos de Segurança Pública e as agências é fundamental para o sucesso da operação", destacou o Chefe do Estado-Maior Conjunto da Operação Catrimani II, Contra-Almirante Luis Manuel de Campos Mello.

Comando Operacional Conjunto Catrimani II

A Operação Catrimani II é uma ação conjunta coordenada entre órgãos de Segurança Pública, Agências e Forças Armadas no emprego, temporário e episódico, de meios na TIY em cumprimento à Portaria GM-MD N° 1511, de 26 de março de 2024, que determinou o emprego de meios das Forças Armadas em apoio às ações governamentais na Terra Indígena Yanomami.

Operação Catrimani I

A primeira etapa da Operação Catrimani , ocorrida de janeiro a março, teve foco na ajuda humanitária realizada pelas Forças Armadas.

Fotos: Divulgação/FAB
 

Foi prestado atendimento a mais de 230 comunidades indígenas, incluindo transporte de cargas e combustível, evacuação aeromédica e distribuição de cestas, totalizando 360 toneladas de alimentos entregues. Para esse esforço logístico, foram utilizadas mais de 2.400 horas de voo e 36 aeronaves das três Forças.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos