Forças de segurança pública de Goiás recebem 3.061 novas viaturas

Automóveis são locados ao custo anual de R$ 142 milhões. Desta forma, estado garante atualização automática da frota a cada 30 meses e gera economia com manutenção, seguro e licenciamento, que ficam a cargo das locadoras (Fotos: Cristiano Borges e Rômullo Carvalho)

As forças de segurança pública do estado contam, a partir desta quarta-feira (17/04), com uma frota totalmente renovada de veículos para ampliar a eficiência do combate ao crime em Goiás. As 3.061 novas viaturas foram entregues pelo governador Ronaldo Caiado, em evento com autoridades e policiais realizada no Autódromo de Goiânia.

“Nossa polícia, que já é rápida, vai chegar mais rápido ainda. O mais importante é garantir a segurança das pessoas”, ressaltou o governador.
Caiado entrega novas viaturas às forças de segurança: atualizar a frota é “dar atenção à demanda da sociedade” afirma o governador (Fotos: Cristiano Borges e Rômullo Carvalho)

NOVAS VIATURAS

Caiado afirmou que atualizar a frota é “dar atenção à demanda que a sociedade exige”. Isso porque os novos veículos, todos zero km e modelo 2024, reforçam o trabalho de policiais, agentes e bombeiros no cumprimento das tarefas a serviço da população.

“Temos de cuidar daqueles que fazem a segurança. Eles têm de ter carros compatíveis com a função”, enfatizou o governador.

Os automóveis são locados ao custo anual de R$ 142 milhões. Desta forma, o estado garante a atualização automática da frota a cada 30 meses e gera economia com manutenção, seguro e licenciamento, que ficam a cargo das locadoras (CS Brasil e Localiza).
Cada viatura tem custo médio mensal de R$ 3,8 mil. Novo contrato proporciona economia de R$ 12 milhões por ano em relação ao anterior (Fotos: Cristiano Borges e Rômullo Carvalho)

O novo contrato prevê um incremento de 290 viaturas em relação ao celebrado anteriormente, o que representa aumento de 10% do número de veículos. Cada viatura tem custo médio mensal de R$ 3,8 mil.
ECONOMIA DE R$ 12 MILHÕES POR ANO

O novo contrato proporciona uma economia de R$ 12 milhões por ano em relação ao anterior, que foi alvo de pedido de reajuste de valores para “reequilíbrio de preços” por parte das empresas até então contratadas. As locadoras argumentaram que houve alta dos valores de mercado após a pandemia.

“Foi feita uma nova licitação, seguindo todo o trâmite legal”, explicou o secretário de Segurança Pública, Renato Brum.
Entre os carros estão viaturas descaracterizadas, veículos hatch e sedan, além de pick-ups e SUVs (Fotos: Cristiano Borges e Rômullo Carvalho)

VANTAGENS DA FROTA ALUGADA

O titular da pasta elencou algumas vantagens da frota alugada. “A primeira é não ter de fazer manutenção. No momento em que a viatura sofre alguma avaria ou baixa, ela é substituída automaticamente. São veículos mais potentes, adequados ao que cada profissional necessita. Vai dar melhor tempo de resposta, maior eficiência e eficácia”, afirmou Brum.

“Uma tropa bem comandada, reconhecida, motivada e integrada não pode dar resultado diferente daqueles que apresentamos para todo o Brasil. Temos a melhor segurança pública, somos referência e continuaremos dando resultado”, concluiu o secretário.

DISTRIBUIÇÃO

Do total de veículos locados, 1.611 são para a Polícia Militar, 1.040 para a Civil, 159 para a Penal, 127 para o Corpo de Bombeiro Militar, 70 para a Polícia Técnico-Científica e 54 para a Secretaria de Segurança Pública. Entre os carros estão viaturas descaracterizadas, veículos hatch e sedan, além de pick-ups e SUVs.
Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos