Mais de 16 milhões de brasileiros não possui nenhum dente na boca

 


Coordenadora da Universidade Anhanguera traz dicas para manter a saúde bucal em dia

 

Todo mundo sabe a importância dos dentes para a saúde, especialmente à digestiva e bucal. Porém, existem muitos fatores prejudiciais que podem interferir diretamente na durabilidade dos dentes, fazendo com que, eles enfraqueçam ou até mesmo caiam. No Brasil, são mais de 16 milhões de pessoas que não possuem um dente sequer. O dado é de uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o Ibope, em 2023. Ela aponta, ainda, que 39 milhões de pessoas usam próteses dentárias e que 41,5% dos idosos acima de 60 anos já perderam todos os seus dentes.

Os dados apontam também que apenas 12,9% da população possui plano odontológico. As causas para o problema são muitas, como bruxismo, cárie, problemas com a gengiva, traumas, entre outras. Contudo, uma condição muito comum entre a maioria das pessoas que sofreram uma perda total ou parcial dos dentes é também a desigualdade social, que as impedem da realização de um tratamento.

A Coordenadora de Odontologia da Anhanguera, Mayara Martins Fernandes, explica que fazer acompanhamentos com o médico-dentista ao longo da vida é essencial e alerta a importância do tratamento para a manutenção da saúde bucal no combate às cáries e doenças periodontais. “Manter consultas regulares ao dentista é crucial, pois mudanças orais podem ocasionar complicações sistêmicas em pacientes diabéticos e contaminação cruzada com as válvulas cardíacas.” A docente ressalta que, hábitos preventivos como a escovação diária e o adequado do fio dental, podem ser uma solução para que os números apontados dos estudos diminuam.

Alimentos ácidos, açucarados, como, com cafeína ou excesso de gordura podem também prejudicar a saúde bucal. Em contrapartida, os médicos-dentistas recomendam alimentos ricos em cálcio, fibra e vitamina D, C e A, pois eles ajudam a fortalecer os dentes. Mayara comenta a importância de procurar por orientação profissional para hábitos preventivos para evitar a perda de dentes. “A assistência profissional é crucial para preservar a saúde bucal. Os brasileiros não têm o costume de fazer check-ups frequentes com o dentista, apesar de serem extremamente importantes para detectar problemas orais e possíveis doenças bucais.”, completa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos